Fale Conosco

11 de maio de 2012

Hospital de Trauma realiza programação para as mães



O Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena realizou, nesta sexta-feira (11), um culto ecumênico em homenagem ao dia das mães. O evento contou com a presença de um padre, um missionário evangélico e um representante da Federação Espírita da Paraíba. A solenidade abriu os trabalhos que serão desenvolvidos na unidade de saúde durante todo o mês de maio.

Ainda dentro da programação das mães, no domingo (13), será servido um almoço e um jantar especial para todas as funcionárias e acompanhantes de pacientes que estarão dentro da instituião. A medida visa homenagear todas as mulheres que estão longe das suas famílias nesse dia especial.

De acordo com o diretor geral do Hospital, Ginaldo Lago, o amor e a compreensão das mães ajudam na recuperação dos pacientes internados, além de proporcionar um ambiente mais harmonioso e humanitário. “Essas mulheres batalhadoras, e por muitas vezes sofredoras, levam em si a bondade e o amor, e isso reflete diretamente nos nossos usuários”, ressalta.

O padre Zé Carlos direcionou seu sermão para as mulheres que sofrem com a imprudência dos seus filhos. “Devemos agradecer diariamente a Deus a vida das nossas mães, porque, independente do que somos ou fazemos, sempre temos o apoio dessas guerreiras. Elas sempre estão do nosso lado nos apoiando e nos mostrando a direção certa”, afirmou.

Já o representante da Federação Espírita, Evaldo Cavalcante, refletiu sobre a ingratidão de muitos filhos para com suas mães. “Hoje vemos muitos filhos afastados de suas famílias, e isso causa transtornos inrreparáveis na sociedade atual. É horrivel presenciar asilos lotados de idosos esquecidos pelos seus próprios parentes”, frisou.

Finalizando a celebração, o missionário Dário Santos pregou sobre o papel da família na sociedade atual. “Não devemos lembrar de nossas mães, apenas em uma data comemorativa criada pelo sistema capitalista, temos que saber que só por meio do amor dessas mulheres conseguiremos mudar as nossas atitudes e sentimentos para com o mundo”, finalizou.