Fale Conosco

15 de maio de 2013

Hospital de Trauma investe em melhorias e avança para conseguir certificado de qualificação



O Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa deu mais um passo para conquistar a ‘Acreditação’, certificação semelhante ao ISO, mas exclusiva as instituições de saúde, com a conclusão da reforma e investimentos na lavanderia da unidade.

De acordo com o coordenador do setor, Cláudio Barros, dentre os investimentos foi feita a substituição das lavadoras normais por lavadoras extratoras que tem a dupla função de lavar e centrifugar, aquisição de balança digital, tesoura elétrica, climatização das áreas de costura e dobragem de roupas, substituição de piso e forro e relocação da sala de serigrafia.

Ele enfatizou que as novas lavadoras utilizam um sistema inteligente para liberação de material limpeza sem a manipulação direta de um profissional que proporciona menor custo para o hospital, pois gera economia de energia, água e insumos destinados à higienização das roupas, além da otimização da mão de obra utilizada, o que acarreta fluidez no desempenho das atividades do setor.

O operador de máquinas da lavanderia do Hospital, Sandro Alfredo dos Santos que trabalha no hospital há 12 anos, atestou a qualidade dos novos equipamentos, pois disse que as lavadoras facilitaram muito o seu desempenho profissional. “Enquanto as antigas gastava 1h30 em cada processo de lavagem com roupas leves, as novas dispensam em média 45 minutos e opera com programação semanal, ao contrário das anteriores que exigia a manipulação em cerca de cinco processos, várias vezes por dia”, lembrou.

Sandro declarou ainda que por utilizar material de limpeza líquido, as novas lavadoras extratoras proporcionam maior durabilidade às roupas e a conseqüente agilidade na liberação do vestuário e lençóis nos leitos do paciente.

O Diretor Técnico, Edvan Benevides, lembrou que a meta pactuada da gestão é reinvestir as economias feitas em benefício da própria unidade de saúde. “A gestão pactuada Cruz Vermelha Brasileira e Governo do Estado se propõe não apenas otimizar esses gastos, como também melhorar dia após dia, a qualidade e segurança do atendimento ao usuário, acompanhantes e funcionários”, disse.