João Pessoa
Feed de Notícias

Hospital de Trauma é referência em reabilitação motora

quinta-feira, 3 de maio de 2012 - 07:58 - Fotos:  João Francisco/Secom-PB

De janeiro a abril deste ano, cerca de 400 pessoas deram entrada no Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, vítimas de queimaduras. A maioria dos casos é provocada por acidentes domésticos e envolve crianças e jovens entre um e 15 anos de idade. A unidade de saúde pública, que é referência nesse tipo de atendimento, disponibiliza fisioterapia e destaca que o tratamento é fundamental na recuperação.

Considerada uma lesão grave, a queimadura é um problema de saúde pública. Os acidentes estão entre as principais causas de mortalidade. Segundo a Sociedade Brasileira de Queimados,  eles provocam cerca de 100 mil atendimentos hospitalares e até 2,5 mil mortes anuais. De acordo com o levantamento do Trauma, em 2011, quase 1,5 mil pacientes foram atendidos no hospital.

Em virtude do problema, a instituição oferece às vítimas de queimaduras o trabalho de reabilitação motora, já que as lesões podem deixar sequelas, o que torna imprescindível o trabalho. “Por se tratar de um trauma de grande complexidade, de difícil tratamento, que pode resultar em deformidades graves, a intervenção tem um papel primordial no tratamento do paciente. Quanto mais cedo for iniciada a fisioterapia, melhores serão os resultados”, alerta a estagiária do Setor de Queimados, Aline Ligia.

De acordo com a fisioterapeuta do Hospital de Trauma, Veruschka Araruna, o paciente com queimaduras é tratado por uma equipe multiprofissional, tanto na fase aguda quanto no período de recuperação e reabilitação. “Duas vezes por dia, a equipe visita todos os internos da Unidade de Tratamento de Queimados. Realizamos exercícios específicos para a reabilitação e recuperação. A medida também reduz o tempo de internação”, explica a fisioterapeuta.