João Pessoa
Feed de Notícias

Hospital de Trauma e órgãos de trânsito realizam atividades educativas

quinta-feira, 16 de novembro de 2017 - 17:45 - Fotos: 

Visando a diminuição dos regressos de vítimas de acidentes de trânsito ao Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, bem como a sensibilização dos pacientes e acompanhantes sobre os riscos da imprudência ao volante, a unidade de saúde, em parceria com o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PB), Polícia Rodoviária Federal, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e a ONG Andrae, realizou, na manhã desta quinta-feira (16), uma ação educativa com os pacientes internos na instituição.

Na ocasião, os agentes e os profissionais de saúde percorreram as enfermarias do complexo hospitalar,distribuindo materiais educativos para orientar e formar multiplicadores de boas condutas no trânsito. A ação fez parte das atividades alusivas ao Dia Mundial em Memória das Vítimas de Acidente Trânsito, comemorada no terceiro domingo de novembro (19).

Para a diretora geral do hospital, Sabrina Bernardes, parcerias que beneficiem os pacientes da instituição sempre são recebidas de braços abertos. “Muito válida a preocupação e o cuidado que a Divisão de Educação do Detran está tendo para com os nossos pacientes, pois verificamos que muitos pacientes que recebem alta hospitalar acabam retornando tempos depois vítimas das mesmas circunstâncias”, ressaltou.

Segundo a chefe de Divisão de Educação do Detran-PB, Abimadabe Vieira, a parceria é muito válida, visto que os pacientes muitas vezes retornam à unidade de saúde novamente devido a acidentes de trânsito. “Considero de extrema importância esta parceria, pois os nossos objetivos são compatíveis: salvar vidas. Visamos sensibilizar estes homens e mulheres sobre a importância da prudência na circulação de transportes públicos e particulares, o uso dos equipamentos de segurança e a não utilização de álcool e celulares no trânsito”, explicou.

Até outubro deste ano, o Hospital de Trauma de João Pessoa atendeu mais de 9.000 vítimas de acidentes de trânsito. Destes, cerca de 70% são vítimas de acidente com moto (6.694). Os demais são atropelamentos (912), automóvel (856), bicicleta (506), ônibus (67).

A unidade hospitalar é referência em atendimento de casos de urgência e emergência de média e alta complexidade, tais como: trauma (acidentes e desastres), violência (física e sexual), queimadura, choque e doenças clínicas em suas fases agudas – Acidente Vascular Cerebral (AVC) e hemorragia digestiva.