Fale Conosco

26 de agosto de 2016

Hospital de Trauma de João Pessoa realiza palestra sobre psicopatologias



Discutir os estados psíquicos relacionados ao sofrimento mental do indivíduo. Foi com esse objetivo que os colaboradores do setor de psicologia do Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, participaram, na tarde dessa quinta-feira (25), no auditório da instituição, de uma palestra sobre Psicopatologia. A iniciativa faz parte das ações comemorativas do Dia do Psicólogo.

Na ocasião, o palestrante João Martins de Araújo, esclareceu dúvidas dos presentes sobre assunto e explicou a importância do estudo na precisão do diagnostico. “Um dos métodos mais frequentes de classificação de doença mental é pela categorização de experiências descritas por pessoas mentalmente doentes, tais como: depressão ou ansiedade. Para o progresso efetivo do prognóstico e no tratamento, o domínio de tal classificação é essencial, por isso, a importância da atualização”, explicou.

A coordenadora do setor de psicologia, Anne Michelle Paiva, falou sobre a importância da presença dos profissionais de psicologia dentro da unidade de saúde e sobre ações como as capacitações.  “Recebemos vítimas de acidentes graves, que ficam emocionalmente abaladas. Acolhemos essas pessoas e trabalhamos no sentido de proporcionar suporte emocional para que tenham condições de atravessar o período de recuperação de forma equilibrada, por isso acreditamos que por meio das capacitações reciclamos os nossos profissionais em prol do melhor atendimento”, disse.

O serviço de psicologia do Hospital funciona 24 horas e conta com uma equipe composta por 30 servidores que tem  como função atender não só ao paciente interno nas instalações, mas também a familiares, visitantes e membros da equipe multidisciplinar da unidade de saúde. Além do suporte ao tratamento, o setor oferece apoio, atenção, preparação do paciente para procedimentos cirúrgicos (pré e pós-operatório), exames, auxílio ao enfrentamento da doença e seu tratamento e atenção aos transtornos mentais associados à enfermidade.