Fale Conosco

1 de abril de 2016

Hospital de Trauma de João Pessoa realiza palestra sobre Notificação de Reações Transfusionais



Com o objetivo de capacitar a equipe multiprofissional do Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena no que se refere ao cadastramento de reações transfusionais no Sistema Nacional de Notificações para a Vigilância Sanitária (NOTIVISA), do Ministério da Saúde (MS), foi realizada nessa quinta-feira (31), no auditório da unidade hospitalar, palestra sobre o assunto. O evento foi promovido pela Coordenação da Agência Transfusional do hospital.

A coordenadora da Unidade Transfusional do Hospital de Emergência e Trauma, Roseneide Ribeiro, falou sobre a importância do cadastramento. “Esse sistema permite o monitoramento pelo MS da qualidade do sangue transfundido, e principalmente, avalia o índice de reações que ocorrem mensalmente na instituição de saúde”, explicou.

Ainda de acordo com Roseneide, as reações transfusionais são eventos adversos às transfusões sanguíneas e classificam-se como leves ou graves, podendo ocorrer em caráter imediato ou tardio, devendo ser investigados pelo Serviço como garantia da qualidade do sangue. As reações envolvem episódios de febre, urticária, alteração da pressão arterial, prurido, entre outras.

A palestrante Tatiana Nunes, enfermeira da Agência Transfusional do complexo hospitalar, falou sobre a palestra. “Identificar possíveis reações provocadas por transfusões é muito importante para a segurança do paciente, por isso, estamos sempre atentos no sentido de promover capacitações para os profissionais”, ressaltou.

Agência Transfusional – A equipe é composta por médicos hematologistas, bioquímicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem. Funciona 24 horas com suporte hemoterápico. O suprimento é feito pelo Hemocentro da Paraíba, que disponibiliza bolsas de sangue dentro dos padrões exigidos pelo Ministério da Saúde.