Fale Conosco

7 de dezembro de 2016

Hospital de Trauma de João Pessoa realiza palestra sobre combate à Aids



Em alusão ao Dia Mundial de Combate à Aids, comemorado em 1º de dezembro, o Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, realizou nesta quarta-feira (7), uma palestra educativa acerca de atitudes preventivas contra o vírus HIV com colaboradores, estagiários e acompanhantes de pacientes.

A palestra, conduzida pela assistente social do hospital Clementino Fraga, Mailza Gomes, teve o intuito de alertar e orientar os profissionais do hospital sobre os riscos de contrair a doença. Foram abordadas as principais formas de contágio, além de explicar as fases da doença e seus respectivos sintomas, bem como prevenção, diagnósticos e tratamento da AIDS, além de falar um pouco sobre a discriminação sofrida pelos pacientes contaminados.

Mailza alertou para o crescimento no número de paraibanos contaminados pelo vírus do HIV principalmente entre jovens de 20 e 24 anos e homossexuais. Para ela, essa geração da década de 90, não tem medo de nada, por isso arrisca mais e acredita que nunca será contaminada.  Até outubro deste ano, foram notificados 735 novos casos no Estado e desses, mais de 500 são jovens até 30 anos.

Segundo a assistente social, a falta de prevenção é o principal motivo para o aumento dos casos. “Não são apenas os paraibanos que andam se cuidando menos. Estudo divulgado pela Organização das Nações Unidas revelou que a doença mata mais de 15 mil pessoas por ano no Brasil”, frisou.

A funcionária do Núcleo de Eventos, Capacitação e Estágios (Nece), Janaína Cunha, destacou a importância da ação para os colaboradores. “De um tempo para cá, a contaminação pelo vírus da AIDS vem aumentando, inclusive entre os jovens. Então, quanto mais houver esse repasse de informações e conscientizar as pessoas sobre prevenção, com certeza estaremos fazendo um trabalho bom para todos”, explicou.