Fale Conosco

27 de junho de 2012

Hospital de Trauma de João Pessoa realiza atendimentos no Geisel



O Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena e a Cruz Vermelha Brasileira promoveram, nesta quarta-feira (27), mais uma etapa do projeto “Saúde sem Fronteiras”. A ação social foi realizada na Escola Municipal Celso Monteiro Furtado, na Comunidade João Paulo II, no bairro do Geisel, em João Pessoa. Durante toda a manhã foram realizados cerca de mil atendimentos.

O evento contou com a participação de mais de 50 profissionais, divididos entre médicos,  advogados, nutricionistas, técnicos de enfermagem e de laboratório, enfermeiros, fisioterapeutas, estudantes e a turma de voluntários formados pela instituição. Foram oferecidos exames de glicemia, exames clínicos, aferição de pressão arterial, avaliação nutricional, distribuição de material educativo e preservativo.

Para o superintendente da Cruz Vermelha Brasileira na Paraíba, Saulo Esteves, o projeto “Saúde sem Fronteiras” tem como principal objetivo levar ações de prevenção e dos cuidados que as pessoas precisam adquirir no que se refere à saúde. “É muito bom saber que estamos fazendo algo de muita utilidade para a população que nos procura. Sempre que realizamos uma ação saímos com a sensação que deixamos a semente da informação plantada”, observou.

Segundo a técnica de enfermagem Leda Rocha, que é voluntária na ação social, o projeto proporciona crescimento pessoal e profissional ao seu currículo. “É muito gratificante participar desse momento. Ajudar as pessoas que estão precisando de atendimento nos engrandece e nos valorizam como seres humanos”.

Já a professora Arlete Chacon explicou que a presença dos profissionais lhe proporcionou realizar um pequeno check-up rápido e seguro. “Adorei a presença dos profissionais aqui no nosso bairro. Pude verificar minha pressão, fazer exames laboratoriais e ainda ter acesso as profissionais de nutrição e fisioterapia”, destacou.