Fale Conosco

31 de março de 2017

Hospital de Trauma de João Pessoa promove evento sobre alimentação saudável  



Quem nunca se olhou no espelho e se viu com uns quilos a mais? Atualmente está na moda ser fitness, mas o que a equipe de Nutrição do Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, pretende alertar, no Dia Nacional da Alimentação e Nutrição, é que a obesidade é uma questão de saúde pública.

Christiane Carneiro, que é coordenadora da Nutrição da unidade de saúde, afirma que investindo numa boa alimentação se evitaria ter pessoas doentes. “Nutrição é saúde pública, por isso, um investimento na mesma, vai proporcionar aos funcionários qualidade de vida, os tornando mais atuante no ambiente de trabalho e consequentemente evitando várias doenças”, conclui.

O núcleo da Nutrição preparou, nesta sexta-feira (31), uma programação especial para celebrar o dia da alimentação saudável que incluiu palestras com esta temática realizadas no auditório da instituição, avaliação nutricional, lanches detox e um almoço mais saudável para todos os colaboradores, além de distribuição de brindes.

Raquel Castro, nutricionista da unidade hospitalar, abordou a palestra sobre alimentação saudável. “Durante a apresentação procurei explanar a importância de se ter uma boa alimentação, sem ter que maltratar o corpo e o organismo”, salientou.

Segundo a Analista de Recursos Humanos do complexo hospitalar, Jucelene Cardoso, foi muito pertinente os assuntos explorados nestas palestras. “É imprescindível ensinar o trabalhador a se alimentar bem, já que a maioria dos funcionários, desta unidade de saúde, entrega atestado por infecção intestinal. Todos os gestores deviam orientar sua equipe.”

Já a nutricionista, Rosaline Moura, trouxe a palestra sobre Alimentação na rua: como comer certo! “Procurei promover uma conscientização na tomada de escolha no momento em que nos alimentamos fora de casa. Alertei também sobre a importância de consumir alimentos ricos em nutrientes, como também de procurar estabelecimentos seguros, em que a alimentação é bem manipulada para evitar infecções hospitalares”, frisou.

Para o colaborador, Uguaracy de Souza a palestra foi muito interessante. “O evento contribuiu para sermos mais exigentes quando formos comer em algum restaurante, como por exemplo, prestar atenção na higienização do local”, comentou.