João Pessoa
Feed de Notícias

Hospital de Trauma de João Pessoa ministra Palestra sobre os riscos das queimaduras para crianças

quinta-feira, 8 de junho de 2017 - 10:48 - Fotos:  Secom-PB

Dando continuidade às atividades referentes à campanha “Marcas que Ficam Para Sempre”, promovida pelo Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, foi realizada nessa quarta-feira (6), para as crianças do Projeto Beira da Linha, localizada no bairro Alto de Mateus, palestras, peça teatral e distribuição de materiais educativos sobre a temática. O objetivo da atividade é alertar sobre a prevenção e formar multiplicadores na disseminação das informações sobre os riscos de queimaduras.

A coordenadora do Projeto Beira da Linha, Rosenilda Dias falou sobre a ação. “Este é o quarto ano que a equipe do Hospital de Trauma vem na nossa comunidade, e já percebemos uma diminuição dos acidentes causados pelos fogos de artifícios e fogueiras no período junino. As crianças ficam empolgadas com o que aprendem e passam as informações para os familiares e amiguinhos. Nós agradecemos a unidade de saúde pela iniciativa”, ressaltou.

A coordenadora de Enfermagem da Unidade de Queimados do Hospital de Trauma, Desirée Mazocco, lembrou que a falta de informação ainda é a maior causa desses acidentes. “Ao desenvolver atividades fora do hospital, principalmente nas escolas, estamos contribuindo para educar e propagar conhecimentos e, ao mesmo tempo, prevenindo acidentes envolvendo queimaduras. Nas palestras informamos medidas simples de prevenção e primeiros socorros”, explicou.

Isabela Silva, 10 anos, disse que agora terá mais cuidados com fogos e fogueiras, pois agora sabe os riscos que corre com os utensílios. “Fiquei assustada com as fotos, não sabia que era tão perigoso usar as bombinhas. Elas podem mutilar e até deixar uma grave queimadura. A partir de agora só os adultos da minha casa vão soltar os fogos e vou sempre explicar os perigos deste tipo de brincadeira”, enfatizou.

Dicas – Em caso de queimaduras graves, não é recomendado passar nenhum tipo de produto caseiro. A vítima deve colocar a parte atingida em água corrente, envolver com pano limpo e úmido e chamar por socorro médico. O Hospital de Trauma é o único capacitado a receber vítimas de queimaduras. Somente no ano passado, a UTQ atendeu mais de mil pessoas e a incidência maior dos acidentes é com crianças.