João Pessoa
Feed de Notícias

Hospital de Trauma de João Pessoa é indicado para certificado de Acreditação

quarta-feira, 27 de novembro de 2013 - 10:12 - Fotos:  Antonio David/Secom-PB

O Hospital de Trauma de João Pessoa é o primeiro hospital público da Paraíba e o quarto do Nordeste a conquistar a indicação para receber o certificado de Acreditação. O selo, semelhante ao ISO, mas exclusivo das instituições de saúde, atesta a qualidade dos serviços prestados, garantindo maior transparência e eficiência no atendimento médico.

O processo foi iniciado no começo da gestão pactuada entre o Governo do Estado e a Cruz Vermelha Brasileira e visa melhorar a qualidade dos serviços desempenhados pelo Hospital, através do método de avaliação voluntário, periódico e reservado dos recursos institucionais de cada hospital para garantir a qualidade da assistência por meio de padrões previamente definidos. O selo é uma indicação de que a instituição segue uma padronização e se preocupa com a qualidade em tudo o que faz para evitar a ocorrência de danos à saúde e a segurança do paciente.

Com o recebimento do selo de Acreditação, o Hospital de Trauma de João Pessoa entra na lista dos grandes hospitais do Brasil, já que instituições como o Hospital Sírio- Libanês e o Hospital Israelita Albert Einstein, ambos em São Paulo, possuem esse certificado. Na Paraíba, apenas uma unidade de saúde privada possui a certificação.

Segundo o secretário de Saúde, Waldson de Souza, a Acreditação Hospitalar está contemplada no rol de metas pactuadas no contrato de gestão estabelecido entre o Governo do Estado e a Cruz Vermelha Brasileira, sendo uma das grandes apostas feitas pelo governador Ricardo Coutinho no intuito de qualificar o acesso aos serviços ofertados pelo Trauma.

“Durante esses 29 meses, tivemos o empenho e dedicação dos servidores desta instituição para conseguir cumprir todas as etapas deste difícil processo, mas que finalmente coroa o trabalho de uma equipe de governo que tem por objetivo fazer os recursos públicos chegarem até o seu destino e com qualidade. O povo paraibano pode comemorar esta conquista, pois a saúde é uma das grandes prioridades de Governo e realmente conseguiu retirar o Trauma de uma situação lastimável observada em 2010”, destaca o secretário.

Para o superintendente da Cruz Vermelha, Ricardo Elias, a conquista do certificado de Acreditação é uma grande vitória para todos que trabalham no Hospital de Trauma. “A indicação para receber o certificado de Acreditação reconhece e valoriza todos os esforços que foram empregados pelo Governo do Estado e a Cruz Vermelha Brasileira nesses 29 meses de gestão pactuada. Essa conquista nos incentiva a buscar novos desafios e a contínua procura pela qualidade e humanização no atendimento”, frisa.

Conforme o diretor técnico do hospital, Edvan Benevides, por meio da Acreditação Hospitalar, a instituição de saúde tem a possibilidade de realizar um diagnóstico objetivo acerca do desempenho de seus processos, incluindo as atividades de cuidado direto ao paciente e aquelas de natureza administrativa. “Por isso, é de extrema importância a participação de todos no processo, já que juntos podemos promover a melhoria da qualidade da saúde e sua assistência no Hospital”, observou.

Processo - De acordo com a gerente de projetos da Cruz Vermelha Brasileira, Gabriela Gonçalves, o hospital passou por uma visita pela Instituição Acreditadora (IAC), que em se tratando do Trauma, é o Instituto de Planejamento e Pesquisa de Acreditação em Serviços de Saúde (IPASS) do Paraná. A IAC é credenciada pela ONA com a responsabilidade para proceder a avaliação e certificação dos serviços.

Após essa primeira inspeção, foi elaborado pelo IPASS um diagnóstico organizacional indicando pontos que o Hospital de Trauma deveria corrigir e providenciar. O documento resultou num relatório e transformado pela gerência de projetos num Plano de Ação com diversas metas que envolviam desde a ação a ser tratada aos recursos necessários, prazos, entre outros.

A Acreditação é um processo em que as organizações de saúde adquirem reconhecimento público e asseguram, com base em determinados padrões, a qualidade dos serviços prestados. Trata-se, portanto, de uma honraria que une o reconhecimento da competência técnico-assistencial com o estímulo à contínua melhoria dos serviços prestados.

A gerente de projetos disse ainda que a busca pela melhoria fez com que a direção traçasse um planejamento estratégico 2012-2014 estabelecendo diretrizes, dentre elas, a conquista do Selo de Acreditação.

Certificadoras no Brasil - Existem várias certificadoras de Acreditação no País. No caso da ONA, é uma organização não governamental caracterizada como pessoa jurídica de direito privado sem fins econômicos, de direito coletivo, com abrangência de atuação nacional, que tem por objetivo geral promover a implantação de um processo permanente de avaliação e de certificação da qualidade dos serviços de saúde, permitindo o aprimoramento contínuo da atenção, de forma a melhorar a qualidade da assistência em todas as organizações prestadoras de serviços de saúde no Brasil.

Voltada para a melhoria contínua dos serviços de saúde, a acreditação ONA não é focada apenas nos processos, mas na excelência da execução dos procedimentos. Para alcançar a certificação, a instituição deve buscar a padronização nas atividades, de modo a reduzir a possibilidade de erros.  Para isso, a organização prestadora de serviços deve apresentar integração entre as áreas médica, administrativa, tecnológica e assistencial, além de um trabalho contínuo para a sua manutenção.

Os certificados, que incluem também um selo de qualificação para os prestadores de serviços da saúde, têm validade de um a três anos, conforme o nível de classificação obtido.

A Organização Nacional de Acreditação recentemente foi aceita como membro da  ISQua – Sociedade Internacional de Qualidade, que tem entre seus objetivos a melhoria contínua da qualidade e da segurança no atendimento à saúde em todo o mundo.