Fale Conosco

15 de junho de 2016

Hospital de Trauma de João Pessoa discute avanços no tratamento de queimaduras



Dentro da programação da 14ª Campanha de Queimados “Marcas que ficam para sempre”, o Hospital de Trauma de João Pessoa realiza, nesta quarta-feira (15), uma palestra com o coordenador médico da Unidade de Tratamento de Queimaduras da Santa Casa de Limeira, em São Paulo, Dr. Flávio Nadruz Novaes. O evento ocorre, a partir das 14h, no auditório da unidade de saúde da Capital.

O especialista em cirurgia plástica vai debater os principais avanços na recuperação de pacientes queimados, a exemplo da utilização de Matriz Dérmica. “A utilização desse curativo nas sequelas de queimaduras de membros superiores se faz importante, principalmente no tratamento de contraturas próximas de regiões articulares, resultando em maior amplitude de movimento das articulações, além dos benefícios de melhor qualidade do enxerto das áreas doadoras”, explicou o coordenador médico da Unidade de Tratamento de Queimados, Saulo Montenegro.

Este ano, mais escolas e abrigos estão assistindo as palestras de prevenção a queimaduras. Segundo a coordenadora de enfermagem da UTQ, Dessirée Mazocco, há muito conhecimento para disseminar na sociedade, mesmo a campanha tendo já mais de uma década.  “A instituição ainda recebe muitas pessoas vítimas de queimaduras e que não têm a mínima ideia do que fazer, a exemplo de pessoas que passam produtos químicos como: água sanitária e ainda passam açúcar e café no ferimento. Por isso, queremos ampliar esse conhecimento para todos”, completou.

Dicas - Em caso de queimaduras graves, não é recomendado passar nenhum tipo de produto caseiro. A vítima deve colocar a parte atingida em água corrente, envolver com pano limpo e úmido e se dirigir ao Hospital de Trauma.  Ano passado deram entrada na unidade de saúde 1.234 pacientes, um número pouco menor do que em 2014, quando entraram 1.327, uma redução de 7,6%.