Fale Conosco

2 de setembro de 2016

Hospital de Trauma de João Pessoa comemora o Dia do nutricionista



A Coordenação do Serviço de Nutrição e Dietética do Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena comemorou o Dia do Nutricionista, com uma ação de saúde, quando foram oferecidos serviços de verificação da pressão arterial, teste de glicemia e avaliação nutricional, e ainda foi colocada à disposição dos colaborados da instituição de saúde, durante todo o dia, mesa de degustação do suco ‘detox’ (suco verde), que promove a desintoxicação do organismo.

A funcionária Cleide Fernandes considera a ação dos profissionais como uma preocupação da gestão em cuidar da saúde dos trabalhadores. “Estou acima do peso e meu colesterol está alterado, aproveitei bastante as orientações do nutricionista que me atendeu e vou adotar uma alimentação mais saudável para reduzir o colesterol”, afirmou a funcionária.

Dando continuidade à programação de comemoração aconteceu também um Workshop ‘Assistência Nutricional no Âmbito Hospitalar como Equipe Multiprofissional’, voltado para médicos, nutricionistas, enfermeiros e técnicos de enfermagem da unidade hospitalar, com o objetivo não apenas de comemorar a data, como também fortalecer a interação entre a assistência nutricional e o trabalho da equipe de enfermagem no que diz respeito à Terapia Nutricional Enteral (pacientes com sonda) e Oral.

A coordenadora do setor de Nutrição do Hospital de Emergência e Trauma, Christiani Carneiro, falou sobre a importância do trabalho do nutricionista. “Para fazer a nutrição humana ser desenvolvida em suas diversas fases, desde a fecundação até a morte, precisamos do maestro para reger a orquestra. E o nutricionista nasceu com esse propósito de auxiliar os instrumentos a serem afinados e, em conjunto, fazerem o som soar como aroma suave, que é o viver”, destacou.

A estagiária Catarina Vasconcelos comentou a importância deste evento para o currículo. “Foi um evento importante para atualizar e trazer informações novas em prol da saúde e da qualidade de atendimento do paciente” completou.

A nutricionista do Hospital de Trauma, Wustânia Virgínia, foi uma das palestrantes e falou da importância do profissional: “Nosso conhecimento abrange o processo metabólico e físico-químico dos nutrientes encontrados nos alimentos e usamos esses princípios em prol da melhoria do quadro clínico dos pacientes”, ressaltou.

Funcionamento – O setor serve aproximadamente 80 mil refeições no Hospital de Trauma e cerca 12.300 no hospital de retaguarda (HTop). Os pacientes das duas unidades hospitalares recebem seis refeições por dia. Possui 26 nutricionistas, que se reveza em plantões de 24 horas.