Fale Conosco

28 de maio de 2013

Hospital de Trauma de Campina Grande terá telemedicina



A aplicação da telemedicina no apoio diagnóstico e terapêutico ao doente grave nas emergências será uma realidade em Campina Grande dentro de três meses. O Hospital de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes firmou uma parceria com o Hospital Albert Einstein, em São Paulo, e será pioneiro na Paraíba neste tipo de procedimento.

A telemedicina compreende a oferta de serviços ligados aos cuidados com a saúde, nos casos em que a distância é um fator crítico. Estes serviços são prestados por profissionais da área de saúde, usando tecnologias de informação e de comunicação para intercâmbio de informações válidas para diagnósticos, prevenção e tratamento de doenças e a contínua educação de prestadores de serviços em saúde, assim como para fins de pesquisas e avaliações.

Na prática, a ala vermelha, aquela onde estão os pacientes em estado grave, e a UTI do Hospital de Emergência e Trauma serão as mais beneficiadas, já que os médicos poderão ter a opinião de um segundo especialista nos casos mais delicados. “A UTI do Trauma terá um reforço na consolidação do diagnóstico e do tratamento”, frisou o diretor-geral do hospital, médico Geraldo Antônio Medeiros.

Os especialistas em telemedicina argumentam que o método reduz o tempo e os custos do atendimento e tornou-se um instrumento de promoção à saúde referendado no mundo inteiro. A parceria do Trauma de Campina Grande com o Hospital Albert Einstein foi firmada no último final de semana, por meio do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde, Proadi-SUS.

O Proadi-SUS foi regulamentado pela lei federal n° 12.101, de 27 de novembro de 2009, e permite que instituições hospitalares sem fins lucrativos, de reconhecida excelência, apresentem projetos de apoio ao SUS, utilizando recursos da isenção fiscal e contribuições sociais.

Para garantir a eficiência no atendimento e a assistência a todos, a unidade de saúde conta com 262 médicos, sendo 37 de plantão 24 horas em todas as especialidades de urgência. O hospital dispõe de internação clínica e cirúrgica em seis blocos de enfermaria, com 253 leitos.

O Trauma-CG é referência em traumatologia para 173 municípios da Paraíba, além de algumas cidades do Rio Grande do Norte e Pernambuco, e chega a atender 300 pacientes, diariamente.