Fale Conosco

25 de junho de 2013

Hospital de Trauma de Campina Grande divulga balanço de atendimentos no São João



O Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande atendeu 20 pacientes vítimas de queimaduras provocadas por fogos ou fogueiras na véspera e no dia de São João. Doze foram crianças com idades entre zero e 12 anos e 8 foram adultos. Desse total, 9 pessoas são de Campina Grande e 11 de outras cidades.

No mesmo período do ano passado, foram atendidos 18 pacientes vítimas de queimaduras sendo 15 crianças e 3 adultos.

Segundo a direção do hospital, tradicionalmente em época junina, os acidentes com fogos e fogueiras são responsáveis por cerca de um terço dos atendimentos na Unidade de Queimados.

A maior quantidade de queimaduras acontece nos dias 12, 23 e 28 de junho, respectivamente, vésperas dos dias de Santo Antônio, São João e São Pedro, quando o nordestino mantém a tradição de acender fogueiras e fogos de artifício.

Até o próximo dia 30, o Hospital de Trauma de Campina Grande realiza a campanha de prevenção de queimaduras com o slogan “Neste São João Não Acenda o Perigo”.

O Hospital de Emergência e Trauma é o único em Campina Grande que possui uma Unidade de Queimados com atendimento ambulatorial e hospitalar 24 horas atendendo à população do compartimento da Borborema. A Equipe é formada por oito cirurgiões plásticos, nove enfermeiros, treze técnicos de enfermagem, nutricionistas, psicólogos, assistentes sociais e fisioterapeutas.