Fale Conosco

25 de junho de 2015

Hospital de Trauma de Campina Grande divulga balanço de atendimentos no São João



Quinhentas e sessenta e seis pessoas deram entrada no Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, na véspera e no dia de São João (23 e 24) para atendimentos de urgências e emergências.

Os casos envolvendo acidentes de moto lideraram as entradas nos plantões durante o período. No total, 88 pacientes foram atendidos devido aos acidentes com motocicleta, três vítimas de tiro, cinco de facadas, cinco vítimas de acidente de carro e 15 por espancamento. Os demais atendimentos foram de casos clínicos.

Na Unidade de Queimados do Trauma de Campina Grande foram atendidas 11 pessoas vítimas de queimaduras provocadas por fogos ou fogueiras, oito foram crianças com idades entre zero e 14 anos e três foram adultos.

No mesmo período do ano passado foram atendidos sete pacientes vítimas de queimaduras sendo quatro crianças e três adultos.

O Hospital de Emergência e Trauma é o único em Campina Grande que possui uma Unidade de Queimados com atendimento ambulatorial e hospitalar 24h atendendo à população do compartimento da Borborema.

O balanço tem como base as entradas realizadas a partir da zero hora da terça-feira (23) até as primeiras horas desta quinta-feira (25).

Para garantir a eficiência no atendimento e a assistência a todos, a unidade de saúde conta com 354 médicos, sendo 64 de plantões 24 horas em todas as especialidades de urgência. O hospital dispõe de internação clínica e cirúrgica e também de seis salas no bloco cirúrgico, com 302 leitos.

O Trauma de Campina Grande é referência em traumatologia para 203 municípios da Paraíba, além de algumas cidades do Rio Grande do Norte e Pernambuco, a unidade chega atender 300 pacientes diariamente.

O Governo do Estado investe mensalmente cerca R$ 11,5 milhões para a manutenção do Hospital de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes.