Fale Conosco

13 de novembro de 2012

Hospital de Trauma: crianças são principais vítimas de ferimentos causados por quedas



Crianças entre 0 e 14 anos são as principais vítimas de ferimentos provocados por quedas, segundo dados do Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa.  Dos 7.278 casos registrados entre janeiro e outubro deste ano, 3.429 foram entre crianças nesta faixa etária, representando 47,11% do total.

Adultos entre 25 e 59 anos ficaram em segundo lugar nos registros com 24,96% do total, com 1.817 atendimentos. Os idosos com mais de 60 anos representam 20,83% do total (1.515 ocorrências). Jovens de 15 a 24 anos são os menos suscetíveis a quedas, e representam apenas 7,10% dos atendimentos deste ano, com 517 ocorrências.

De acordo com o coordenador da pediatria do Hospital de Trauma, Fabiano Oliveira de Alexandria, as razões mais freqüentes das quedas entre crianças e adolescentes são distintas, mas ambas tem relação com a falta de prudência. “Os adolescentes são menos comedidos, e muitos se machucam praticando esportes como skate e bicicleta. Já as crianças menores costumam se acidentar em casa”, explica o coordenador.

Ele diz  que em muitos países em desenvolvimento, acidentes que ocasionam quedas são a principal causa de óbitos nesta faixa etária, especialmente porque poucas crianças usam os equipamentos de segurança indicados para as práticas esportivas. O pediatra orienta aos responsáveis que comprem brinquedos relativos  à faixa etária dos jovens, além de incentivar atividades compatíveis com a idade das crianças e adolescentes.

“Também é fundamental que as brincadeiras sejam sempre supervisionadas por um responsável maior de idade. Por conta de trabalhar fora, muitas vezes os pais deixam os filhos cuidando uns dos outros, o que é um risco”, finaliza.