João Pessoa
Feed de Notícias

Hospital de Trauma conclui reforma no Centro Cirúrgico

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011 - 19:38 - Fotos: 

Visando a ampliação e efetivação na melhoria da qualidade dos serviços prestados, a direção do Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena concluiu a reforma do Centro Cirúrgico. Desde sua fundação, há dez anos, o Centro nunca havia passado por reformas.

As seis salas passaram por reparos na pintura, substituição e recuperação do piso emborrachado, recuperação dos banheiros e vestiários e troca de todas as torneiras por modelos mais modernos, dotados de sensores, que objetivam diminuir os ricos de infecção hospitalar, além de oferecer mais segurança aos profissionais de saúde e pacientes.

A coordenadora do bloco, Sueli Pinheiro, destacou que, além da reforma realizada na parte estrutural, também ocorreram mudanças no controle de fluxo dos profissionais e pacientes, adequação das salas de enfermagem, bem como da instrumentação cirúrgica. “Depois das mudanças realizadas no bloco cirúrgico, estamos com o nosso setor totalmente adequado às normas de segurança e controle de infecção hospitalar”, disse Sueli.

Segundo o diretor de Assistência do Hospital, Edvam Benevides, as salas estão obedecendo todas as normas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e em conformidade com o Ministério da Saúde. “A população paraibana merece um serviço de qualidade, por isso estamos entregando um bloco cirúrgico completamente reformado e que se encaixa perfeitamente nas regras determinadas pelos órgãos competentes”.

Benevides explicou que o Hospital de Trauma realiza, em média, 555 cirurgias por mês, capacidade que pode aumentar em torno de 33% com a conclusão do Centro Cirúrgico. Dentre esses procedimentos, cerca de 50% são de cirurgias ortopédicas e as outras de urgência e emergência, e ainda as eletivas (marcadas previamente). “Realizamos um número grande de cirurgias mensalmente, portanto, precisamos estar em conformidade com as reais necessidades dos nossos pacientes”.

O anestesiologista Neto Leite explicou que com a reforma da estrutura do bloco os funcionários ganharam mais conforto, funcionalidade e comodidade na realização dos procedimentos cirúrgicos feitos na unidade de saúde.

Já o paciente Luiz Carlos Marinho, de 50 anos, que passou por um procedimento cirúrgico na coluna vertebral, disse que achou as dependências do Trauma humanizadas e dotadas de alta tecnologia. “Fui muito bem tratado pelos médicos e enfermeiros do Hospital. A estrutura, os equipamentos e a equipe utilizada na minha cirurgia estão de parabéns”, disse.

Além da reforma geral da estrutura do Centro Cirúrgico, a direção do Hospital pretende, ainda este ano, iniciar as reformas nas enfermarias masculinas e femininas com pintura e pequenos reparos, finalização da refrigeração do hospital e instalação de seis cadeiras de apoio para o setor de urgência.