Fale Conosco

8 de novembro de 2016

Hospital de Trauma celebra dia do radiologista com homenagens e serviço humanizado



O Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, conta com um completo serviço de diagnóstico por imagem, que só no mês de outubro realizou 8.050 exames, com uma média diária de 70 tomografias, 180 raios-x e 15 ultrassonografias. Nesta terça-feira (8), é comemorado o dia do técnico em radiologia e a unidade de saúde realizou uma série de homenagens a estes profissionais que atuam na produção de imagens e permitem diagnosticar situações patológicas como pneumonias, tumores ou fraturas ósseas, por exemplo.

A coordenadora do Centro de Imagens – CDI, Irinalda Dantas, lembra a importância deste setor dentro da unidade hospitalar. “O CDI é o coração da instituição, uma vez que a maioria dos nossos pacientes são politraumatizados e precisam de um diagnóstico ágil e eficaz”, destacou.

Ela também enfatizou que o trabalho dos técnicos em radiologia envolve tanto o manejo de equipamentos, quanto o cuidado com o usuário. Este trabalho também implica na relação com outros profissionais, dentre eles, o médico radiologista e os profissionais da enfermagem.

O coordenador administrativo do CDI, Augusto Silva, ressaltou o papel destes profissionais. “Para chegarmos a excelência em atendimento contamos com uma equipe de profissionais capacitados e comprometidos, juntamente com as novas adequações realizadas pelo Governo do Estado, o que possibilitou um serviço humanizado e com diagnóstico preciso”, explanou.

A instituição conta hoje com 15 médicos e 50 técnicos em radiologia, que fazem em média 2.700 exames ao mês.No local são atendidos casos de urgência, emergência adulta e pediátrica. Pacientes internos na unidade de saúde e pacientes externos de outros hospitais da rede estadual e municipal. O serviço funciona 24 horas ininterruptamente.

Novo CDI – Recentemente o complexo hospitalar foi reformado, revitalizado e modernizado. Também recebeu um aparelho de tomografia computadorizada, com digitalização das imagens e capacidade para realizar mais de 3 mil exames por mês.