Fale Conosco

25 de setembro de 2012

Hospital de Trauma alerta para o risco de acidentes de trânsito



O Dia Nacional do Trânsito foi lembrado nesta terça-feira (25) pelo Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena com um alerta à população da Paraíba para os riscos de acidentes de trânsito. No ano de 2011, foram realizados quase 10 mil atendimentos a vítimas de acidentes, enquanto neste ano de 2012, de janeiro a agosto, já foram atendidas em torno de seis mil pessoas. Mais da metade são pacientes que se envolvem em acidentes de moto, contabilizando 3.623 casos.

Com base nos atendimentos realizados, o Hospital de Trauma considera os jovens entre 19 e 29 anos de idade o grupo vulnerável e de maior exposição ao risco de acidentes de trânsito. Essa faixa etária registra 60% dos casos atendidos. “Os números envolvendo jovens cresce a cada dia, e isso é um fator muito preocupante, pois o risco não é só de perder a vida, mas de ficar com sequelas para o resto da vida”, explica o diretor técnico, Edvan Benevides.

Segundo ele, uma vítima de acidente de moto, quando necessita de uma cirurgia, permanece, em média, 30 dias internado na instituição. “O transtorno causado na vida de um jovem é muito grande, pois, além de todo processo enfrentado dentro do hospital, em muitos casos, o paciente ainda precisa de cuidados após recebimento da alta hospitalar”, observou.

Segundo o motoboy Eudes Nunes, 29 anos, que está internado na unidade de saúde há 15 dias, os motociclistas são penalizados pelo trânsito da cidade, e acabam tendo que desenvolver a direção defensiva. “Quando estamos no trânsito devemos dirigir por nós e pelos outros, pois um pequeno descuido pode causar um grande acidente. Esse foi o fato que ocorreu comigo, mas graças a Deus estava com todos os equipamentos de proteção, e consegui sair com vida”, comentou.