João Pessoa
Feed de Notícias

Hospital de Emergência e Trauma de CG atende 9.609, em fevereiro

terça-feira, 9 de março de 2010 - 16:28 - Fotos: 
No próximo dia 23 deste mês, o Hospital Regional de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes completa 9 anos de existência. Às vésperas do aniversário, a unidade atendeu em fevereiro deste ano 9.609 pessoas de diferentes cidades paraibanas e até de outros Estados. O levantamento continuou revelando uma estatística preocupante: os acidentes de motos continuam fazendo vítimas em Campina Grande e demais cidades do Compartimento da Borborema.

A última estatística, divulgada esta semana com dados relacionados aos atendimentos realizados em fevereiro, revela que 459 pessoas foram atendidas no HR com diversos traumas provocados pelos acidentes de motos. Esses registros correspondem a 27% de todas as ocorrências verificadas naquele mês. Nos dois primeiros meses do ano, quase mil pessoas foram socorridas para a unidade em decorrência desses sinistros: em janeiro foram 525 atendimentos e 459 em fevereiro.

No geral – De acordo com o levantamento, o Hospital Regional atendeu durante todo o mês de fevereiro 9.609 pessoas, sendo 4.071 na parte Clínica e 1.177 na Pediatria. Foram registrados ainda 2.430 procedimentos em Ortopedia, 1.634 cirurgias e 297 intervenções buço-maxilo-faciais.

Os casos de intoxicação continuam ocupando o segundo lugar nas estatísticas: foram 150 em fevereiro. As mordidas de cachorro aparecem em terceiro lugar (79), seguidas de picadas de escorpião (65). O HR registrou ainda 40 atendimentos a pessoas atingidas por facadas, 63 vítimas de tiros, 67 acidente de carro, 52 vítimas de queimaduras, 35 por acidentes de bicicletas, 71 picadas de outros insetos, 28 envenenamento e ingestão de medicamentos, 75 por agressões físicas e 381 por cortes e outros acidentes.

Por ser referência no Estado para uma população superior a 1 milhão de paraibanos do Brejo, Curimataú, Cariri e Sertão, o  Hospital Regional não atende apenas pessoas de Campina Grande mas de 180 cidades da Paraíba e até de outros Estados.
Pelo segundo mês seguido, o município de Queimadas ficou em segundo lugar no ranking de cidades que enviaram pacientes (387) ao HR. Lagoa Seca vem em terceiro lugar com 204 pessoas, seguida por Puxinanã que enviou 147 e São Sebastião de Lagoa de Roça (120). Somente em janeiro, conforme aponta o levantamento, foram atendidas 10.193 pessoas no Hospital Regional.

Mantido pelo Governo da Paraíba, através da Secretaria de Estado da Saúde (SES), o Hospital Regional é o único existente na cidade a atender aos pacientes do SUS em 18 especialidades, com médicos plantonistas 24 horas.

Da Assessoria de Imprensa do Hospital Regional de Emergência e Trauma de Campina Grande