João Pessoa
Feed de Notícias

Hospital de Emergência e Trauma cria Coral do HT formado por funcionários

quarta-feira, 30 de setembro de 2009 - 08:33 - Fotos: 

Há cerca de quinze dias, quem trabalha ou está internado no Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena (HETSHL) escuta vozes ecoando pelos corredores sempre no finalzinho da tarde. A boa música se propaga a partir do auditório Jussara Dantas, onde duas vezes por semana, nas terças e quintas-feiras, um grupo de servidores se encontra para ensaiar.
          
Trata-se do Coral do HT formado por 40 funcionários voluntários, entre homens e mulheres, que dedicam duas horas semanais aos ensaios. Sob a regência do Maestro Paulo Lúcio Barreto, o grupo vem trabalhando em três músicas: ‘Meu Sublime Torrão’, o ‘Hino Nacional Brasileiro’ e o ‘Hino do Estado da Paraíba’. O coro é acompanhado pelo piano do músico Djanilo Ventura.
          
O projeto, que ainda está na fase inicial, conta com o apoio da direção executiva do hospital e o empenho de alguns funcionários que estão na organização. “Começamos a chamar as pessoas para integrarem o coral no início deste mês. Saímos de setor em setor e logo os funcionários se depuseram a integrar o grupo. A idéia ainda está amadurecendo, mas a aceitação está sendo maravilhosa”, comemorou Sônia Albuquerque, que é funcionária do setor de laudos.
         
O público vai pode conferir todo o esforço e empenho do grupo em sua primeira apresentação, programada para acontecer na semana que antecede a data 24 de dezembro, quando se comemora a véspera de Natal. A apresentação será no hall do hospital, oportunidade em que a platéia vai se encantar com a beleza do canto e a harmonia entre os coralistas, que prometem arrancar muitos aplausos. “O estímulo e apoio partiu da própria direção executiva do hospital. Tenho certeza que após a nossa primeira apresentação, outros funcionários vão se interessar em fazer parte do coral”, ressaltou Sônia.
         
A atual direção do HETSHL já apóia outro projeto voltado à música na unidade. Implantado há alguns meses, voluntários desenvolvem dois projetos. O primeiro tem a participação de Ronaldo Roberto de Paiva, técnico de segurança do trabalho do Trauma, Sônia Albuquerque e Djanilo Ventura, que também fazem parte do coral. Eles se apresentam todas as terças e quintas-feiras no horário do almoço para os funcionários do hospital. Outro evento em que o trio canta e toca é nas missas realizadas na capela do HT toda primeira sexta-feira do mês. O segundo projeto é desenvolvido pelo maestro do coral, Paulo Barreto, que tem um trabalho social e leva música para os pacientes das enfermarias. Ao som do violino, ele consegue arrancar sorrisos e aplausos de pessoas que enfrentam problemas de saúde, demonstrando assim que a arte da música é um grande prazer que encanta a todos os ouvidos.

Definição – O coral é uma designação genérica da música composta para coros ou grupos de cantores. As peças podem ser executadas a capela ou com acompanhamento instrumental.  De acordo com o estudo da doutora Gertraud Berka-Schmid, psicoterapeuta e professora da Universidade de Música e Artes de Viena, cantar não é apenas uma das formas de expressão mais antigas do ser humano, mas também pode curar muitos males. Cantar gera harmonia psíquica e reforça o sistema imunológico, importantes frente a problemas tão freqüentes hoje, como transtornos do sono, doenças circulatórias e a síndrome de burnout, que leva a exaustão emocional.

Perfil Técnico do maestro – Paulo Lúcio Barreto tem uma vasta experiência na área da música. É bacharel em música com especialização em violino pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Atuou como solista na orquestra Jovem Solista do Nordeste (PB) e Orquestra Camerata da UFC (CE). Desde o ano de 1984 é integrante da Orquestra Sinfônica da Paraíba. Entre outras atuações, foi professor do Projeto Espiral do Espaço Cultural José Lins do Rego, entre os anos de 84 e 87. Participou das gravações de vários cd’s, espetáculos e eventos, como a abertura do São João de 2009 no Parque do Povo em Campina Grande.

Em seu curriculum de artística ainda constam a gravação de dois cd’s solo, um em parceria com a pianista Isa Y Plá e o outro com o tecladista Sério Ribeiro. Também já fez dupla com João Barbosa e Patrick Dimonn.

Assessoria de Imprensa do Hospital de Trauma