Fale Conosco

16 de novembro de 2011

Hospital Clementino Fraga já atendeu 80 mil pessoas neste ano



Em apenas dez meses (de janeiro a outubro desse ano) o Hospital de Doenças Infecto-Contagiosas Clementino Fraga, que integra a rede hospitalar do Governo Estado, realizou 80.174 atendimentos ambulatoriais. Nesse período 960 pessoas foram internadas para tratamento de várias doenças. O Clementino Fraga funciona em João Pessoa e é referência estadual no tratamento em tuberculose, hanseníase, DST/HIV/Aids, dengue e hepatites virais.

O ambulatório do hospital oferece atendimento em infectologia (DST/HIV/Aids), pneumologia sanitária, dermatologia sanitária, pediatria, cardiologia, endocrinologia, psiquiatria, neurologia, neurocirurgia, cirurgia plástica, cirurgia torácica, cirurgião vascular, gastroenterologia, angiologista, hepatologia, ondontologia, nefrologia, urologia, proctologia, otorrinolaringologia, clínica geral, ginecologista e homeopatia.

Para atender a demanda o Clementino Fraga conta com uma estrutura física e com uma equipe de profissionais multidisciplinar formada por médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, psicólogos, assistentes sociais, fisioterapeutas, nutricionistas, fonoaudiólogos, dentre outros profissionais que atuam de forma que o usuário do serviço se sinta acolhido e bem atendido.

A missão da unidade de saúde é prestar um serviço especializado, com qualidade e humanizado a pessoas que são acometidas de doenças infecto-contagiosas.

Aumento na demanda – Segundo o Núcleo de Epidemiologia, no período de janeiro a setembro de 2011, o hospital registrou 1.857 notificações de tuberculose, hanseníase, DST/HIV/Aids, dengue e hepatites virais. No mesmo período do ano de 2010 foram 1.427 de casos.

Este ano, foram registrados 294 de novos casos de Aids, 132 de hanseníase, 510 de tuberculose, 742 de hepatites virais, 80 de dengue e 6 de leptospirose. No mesmo período do ano passado foram 274 casos de Aids, 109 de hanseníase e 552 de tuberculose, 445 de hepatites virais, 7 de dengue e nenhum caso registrado de leptospirose.

A diretora geral Adriana Melo Teixeira fez um balanço das atividades desde o início da gestão e ressaltou que o Hospital Clementino Fraga atualmente é referência em novas patologias, como leptospirose, dengue e hepatites virais. “O usuário pode, inclusive, realizar testagem em hepatite B aqui no hospital. É importante ressaltar que no ano que vem, estaremos construindo um bloco cirúrgico com duas salas de cirurgias”.

Outros serviços – O Clementino Fraga também dispõem de um centro de diagnóstico por imagem, disponibilizando os serviços de tomografia, ultrasonografia, endoscopia e raios-x. O hospital tem um laboratório onde são realizados os exames laboratoriais como a testagem rápida de HIV e testagem de hepatite B.