Fale Conosco

7 de fevereiro de 2018

Hospital Arlinda Marques realiza festa de carnaval para crianças internas



Cumprindo o calendário anual das ações de humanização, o Complexo de Pediatria Arlinda Marques, que integra a rede hospitalar do Estado, realizou, na tarde desta quarta-feira (7), o carnaval das crianças internas e acompanhantes. O evento aconteceu no Espaço de Recreação da Clínica Médica, que foi decorado com adereços e fantasias alusivos à época.

A festa foi animada pelos grupos “Anjos que Alegram” e “Voluntários do Amor”. Todas as crianças estavam fantasiadas e usando adereços que foram confeccionados pelo pessoal do Grupo de Trabalho Humanizado (GTH) e Brinquedoteca, responsáveis pela organização do evento.

Ao som de marchinhas de carnaval, as crianças se divertiram muito e ainda receberam brindes. Essa festa faz parte de um calendário de atividades que são realizadas em períodos festivos do ano, a exemplo da Páscoa, São João, Dia das Crianças e Natal e é mais uma ação de humanização que o hospital oferece às crianças e seus familiares.

A secretária Maria da Conceição Nogueira, que está com o filho internado à espera de uma cirurgia, elogiou a atitude do hospital. “Esse tipo de ação ajuda a diminuir o estresse tanto da gente quanto da criança que fica mais tranquila”, comentou.  A comerciária Alice dos Santos Nogueira afirmou que ficou surpresa com uma festa tão bonita dentro de um ambiente hospitalar. “Meu filho estava radiante de tanto alegria e por alguns momentos esqueceu que estava internado e isso é muito bom”, comentou.

Para os que compõem a administração do Arlinda Marques, é muito bom e importante a realização de eventos como estes que servem para elevar a autoestima das crianças, proporcionando momentos de alegria e descontração e fazendo assim com que elas esqueçam um pouco a tristeza por estarem enfermas e precisando de assistência.

Voluntários do Amor: No final de 2016, a fundadora/coordenadora do grupo Viviane Karla foi diagnosticada com um câncer no sistema linfático. Ela fez o tratamento e recebeu a cura em abril de 2017 e  foi aí que nasceu o desejo do trabalho voluntário. O grupo foi fundado dia 18/07/2017, e o primeiro passo foi a criação de um grupo no WhatsApp entre amigos e familiares. A partir daí, ela  lançou a ideia do trabalho e teve o apoio de muitos que estão até hoje nessa caminhada. “No primeiro momento o foco era apenas o hospital Napoleão Laureano, mas fomos agraciados por Deus com o Arlinda Marques, que hoje se encontra dentro dos nossos objetivos”, explicou.

O principal objetivo do grupo é levar alegria e alguns mimos aos leitos.  “Sabemos que é de pequena quantidade mas de grande importância para quem passa por um momento delicado. Todo mês é lançado uma campanha, trabalhamos em cima da mesma, nos reunimos, montamos, e saímos para finalizar junto ao seu destino final. Carregamos um legado repleto de muita dedicação, e o nosso foco é expandir esse trabalho! O mundo precisa de mais amor, e nós estamos fazendo nossa parte”, finalizou.

Sobre os Grupos:  O  “Anjos Que Alegram” foi formado há quase quatro anos. De acordo com os coordenadores, o propósito do grupo é levar um pouco de alegria de uma forma que consiga alcançar  a todas as faixas etárias mostrando o verdadeiro sentido da vida criada por Deus. O Grupo é formado por pessoas cristãs,  evangélicas e cristãos católicos que  não pregam a placa de igreja, mas o amor de Deus para com todos. “São 11 pessoas que se empenham para transformar vidas tristes em alegres, somos doadores de alegrias, não medimos esforços para estar sempre presente nas vidas dos nossos semelhantes”, comentou os coordenadores.