Fale Conosco

10 de agosto de 2015

Hospital Arlinda Marques promove oficinas de capacitação de acolhimento e humanização



O Núcleo de Ensino e Pesquisa (NEP) do Complexo de Pediatria Arlinda Marques, que integra a rede hospitalar do Estado, realizo, na manhã desta segunda-feira (10), no auditório do Centro de Referência de Saúde do Trabalhador (Cerest), uma Oficina de Acolhimento para receber os alunos e preceptores que vão realizar seus rodízios de estágios curriculares no segundo semestre do ano letivo. Durante o evento também foi ministrada uma Capacitação em Humanização e Controle de Infecção Hospitalar. Preceptores e alunos de várias instituições de ensino superior de diversos cursos da área de saúde participaram da oficina.

Gilsandra de Lira Fernandes, chefe do Núcleo de Ações Estratégicas do Arlinda Marques, explicou que a unidade de saúde busca fortalecer cada vez mais a integração do ensino ao serviço, através de readequações na estrutura física favorecendo a integração entre estudantes, preceptores e os profissionais; intensificação das atividades de educação permanente, realização de estágios curriculares por meio de convênios entre o Centro Formador de Recursos Humanos (Cefor/PB) com as instituições de ensino técnico e superior (públicas e privadas).

Ela explica que a cada ano existe um aumento significativo do número de alunos recebidos neste Complexo para desenvolverem suas atividades nos cenários práticos deste serviço. “Recebemos também alunos em intercâmbio, somos campo para produção científica e implantamos os Programas de Residências Médica e Multiprofissional em Pediatria, constituindo uma modalidade de ensino de pós-graduação lato sensu”, disse Gilsandra Fernandes.

Para ela, toda essa integração ensino-serviço contribui positivamente a todos os programas de formação existentes no Arlinda Marques, aos residentes e a equipe multiprofissional, “pois proporciona espaços mútuos e coletivos de treinamento em serviço, de forma técnica e científica, melhorando assim a qualidade da assistência oferecida aos usuários”.