Fale Conosco

5 de fevereiro de 2014

Hospital Arlinda Marques oferece cinco vagas para Residência Multiprofissional em Saúde da Criança



O Governo do Estado lançou edital para processo seletivo que oferece cinco vagas para Residência Multiprofissional em Saúde da Criança no Complexo de Pediatria Arlinda Marques. O projeto foi aprovado pela Comissão Nacional de Residência Multiprofissional em Saúde (CNRMS) e as inscrições estarão abertas até o próximo dia 12, no Centro Formador de Recursos Humanos- (Cefor-RH), no horário das 9h às 12h e 14h às 17h. A prova acontecerá no próximo dia 23 de fevereiro. O edital está disponível no site: www.paraiba.pb.gov.br/saude.

De acordo com a presidente da Comissão de Residência Multiprofissional, (Coremu), Gilsandra Fernandes, as vagas são oferecidas pelo Programa de Residência Multiprofissional em Saúde da Criança no Complexo de Pediatria Arlinda Marques. “O Estado da Paraíba tem como referência para o atendimento às crianças o Complexo de Pediatria Arlinda Marques (CPAM), um Hospital que vem oferecendo uma completa assistência sanitária, em regime de prevenção e promoção de saúde e a mais conhecida, que é a função restaurativa de média a alta complexidade, a qual podemos citar o diagnóstico, o tratamento e a reabilitação em diversas especialidades, tais como realização de cirurgia cardíaca, neurológica, ortopédica e cirurgias em geral. E ainda possui algumas funções como local de ensino e de pesquisa e diversos serviços integrados e ambulatórios de pediatria geral, especializadas e multiprofissional”, explicou Gilsandra Fernandes.

Ela destacou que o Hospital conta com equipes de profissionais competentes – corpo clínico: equipe de enfermagem, serviço de nutrição e dietética, laboratórios e diagnóstico por imagem. “Também contamos com o programa de triagem neonatal, o Crie (Centro de Referência de Imunobiológicos Especiais), o Anviva (Ambulatório para vítimas de Violência e Abusos), o GTH (Grupo de Trabalho de Humanização)”, afirmou.

Para Gilsandra Fernandes, na compreensão da necessidade de formação e especialização de profissionais para a Rede de Atenção à Saúde da Criança, em acordo com os princípios da integralidade e da humanização, torna-se fundamental para o Estado que uma das maneiras eficazes de formação se faz através da criação de espaços de aperfeiçoamento profissional e especializado, e dessa forma a Secretaria de Estado da Saúde criou uma parceria com o Programa Nacional de Residência Multiprofissional com a proposta de implantar a Residência Multiprofissional em Pediatria.

O objetivo, conforme explicou, é promover a especialização de profissionais da saúde (enfermeiros, farmacêuticos, fisioterapeutas e nutricionistas) na promoção de atributos que possibilitem o exercício profissional com excelência nas áreas de cuidado integral à saúde da criança de forma a atuar em equipe multidisciplinar com integração do ensino serviço e comunidades, da gestão e organização do trabalho e da educação na saúde, visando à melhoria da construção dos processos de trabalhos para uma melhor assistência aos usuários.

Saiba mais – A Residência Multiprofissional em Saúde foi instituída pela Portaria Interministerial Nº 1.077, de 12 de Novembro de 2009, que dispõe sobre a Residência Multiprofissional em Saúde e a Residência em Área Profissional da Saúde, e institui o Programa Nacional de Bolsas para Residências Multiprofissionais e em Área Profissional da Saúde. A Residência Multiprofissional em Saúde e a Residência em Área Profissional da Saúde constituem modalidades de ensino de pós-graduação ‘lato sensu’ destinado às profissões da saúde, sob a forma de curso de especialização caracterizado por ensino em serviço, com carga horária de 60 horas semanais e duração mínima de dois anos. “Vale ressaltar que a Comissão de Residência Multiprofissional – Coremu-PB aprovou pela primeira vez no Estado da Paraíba um Projeto de Residência Multiprofissional em Pediatria”, disse Gilsandra Fernandes.

Confira o Edital:

Edital Resid. Multiprofissional em Pediatria