João Pessoa
Feed de Notícias

Hospital Arlinda Marques inicia ciclo de palestras para residentes de cursos de saúde

quarta-feira, 4 de março de 2015 - 17:13 - Fotos:  Antônio David / Secom-PB

O Complexo de Pediatria Arlinda Marques, que integra a rede Hospitalar do Estado, em João Pessoa, iniciou o ciclo de palestras para residentes das áreas de Enfermagem, Nutrição, Fisioterapia e Farmácia. Durante duas semanas, serão abordados vários temas relacionados à saúde. Nesta quarta-feira (4) foram abordados “Direito da Criança, do Adolescente e do Profissional da Saúde”, pelo assessor técnicoDiego Gonçalves; e“Humanização no Contexto da Criança e do Adolescente”,  pela assistente social  Risomar  Firmino Dantas Leite.

O diretor geral do Hospital Arlinda Marques, Bruno Leandro de Souza, explicou que esse tipo de evento, além de aprimorar o aprendizado e o conhecimento, serve também para aproximar os residentes do corpo clínico e administrativo do hospital. “Temos que aliar a prática diária dos profissionais à humanização dos serviços e esse é um dos focos da nossa gestão”, destacou o diretor.

A residente de Nutrição, Vanessa Resende de Lima, disse que esse treinamento terá grande importância, principalmente no que diz respeito ao aprendizado da parte clínica.  A mesma opinião tem o residente de Fisioterapia Afonso Tavares.  “Terminamos a graduação, a parte teórica, e agora temos que partir para a prática e essas palestras são de fundamental importância para o aperfeiçoamento no nosso aprendizado prático”, destacou.  Para Sílvia Vírginia, residente de Enfermagem, esse ciclo de palestras também vai enriquecer em muito o seu aprendizado, principalmente no que diz respeito à parte prática.

No caso da palestra “Sobre Direito da Criança, do Adolescente e do Profissional da Saúde”, Diego Gonçalves explicou que  o objetivo é aprimorar conhecimentos e apontar os principais direitos básicos dos menores e dos profissionais da saúde, com  o intuito de construir uma visão social e jurídica dentro do ambiente de trabalho, para facilitar as vias de acesso e evitar conflitos de interesses entre usuários e profissionais e, dessa forma, garantir o desenvolvimento de uma sociedade firme e um ambiente de trabalho saudável e livre de atritos.

Durante a palestra, foi abordado oEstatuto da Criança e do Adolescente, Normas básicas de Direitos Fundamentais e Humanos, Programas de Saúde da Criança, Direito Sanitário básico e Normas que garantem o efetivo cumprimento do princípio da Dignidade da Pessoa Humana, que diz que todos merecem respeito e vida digna, seja qual for o âmbito.

A nossa expectativa é que essas palestraspossam  a cada dia aprimorar o atendimento  aos  pacientes, construindo uma interação interdisciplinar, de maneira que todos tenham acesso às informações básicas e necessárias para o cumprimento das suas funções. Com isso, trazemos, também, a união intersetorial que promove uma qualidade melhor, inclusive no ambiente de trabalho, por haver maior acesso a todo tipo de informação. Nesse sentido, os residentes multiprofissionais podem conhecer um pouco da didática de funcionamento do hospital, além de interagir com profissionais de outras áreas”, finalizou Diego.