João Pessoa
Feed de Notícias

Hospital Arlinda Marques é pioneiro na implantação consultório odontológico móvel

terça-feira, 19 de julho de 2016 - 09:48 - Fotos:  Secom-PB

O Complexo de Pediatria Arlinda Marques, que integra a rede hospitalar do Estado, implantou mais um serviço destinado às crianças em atendimento na unidade de saúde, na Capital. Trata-se do consultório móvel de odontopediatria que disponibiliza vários serviços na área de saúde bucal. “É mais um serviço relevante que está funcionando aqui no hospital e com isso aumentando ainda mais o nosso raio de atendimento”, disse o diretor geral do Hospital, Cláudio Teixeira Regis.

Para a diretora administrativa do hospital, Angélica Costa, o serviço de odontopediatria no Arlinda Marques representa mais uma preocupação da gestão com a saúde da criança e nesse caso específico, a saúde bucal. “Nós já atuamos em várias especialidades e esse serviço vem somar aumentando ainda mais o nosso leque de atendimento para que as nossas crianças desfrutem de um atendimento com qualidade, eficiência e, acima de tudo, humanizado”, destacou.

De acordo com a odontóloga Maria Goretti Temóteo Delgado, coordenadora de Odontologia do Arlinda Marques, a função da assistência odontológica com a equipe móvel é atender aos pacientes crônicos, acamados e impossibilitados de locomoção com o intuito de melhorar as condições de saúde sistêmicas. Estes procedimentos requerem capacitação, tecnologia apropriada.

Ela lembrou que, em 2010, o Arlinda Marques foi o hospital pioneiro no Estado na implantação dos serviços odontológicos em centros de terapias intensivas, em conformidade com o projeto de lei nº 2.776/2008 que estabelece a obrigatoriedade do cirurgião-dentista na equipe multiprofissional nas unidades de terapia intensiva bem como em clinicas, hospitais públicos e privados em que existam pacientes internados.

Maria Goretti Temóteo explica que a Odontologia Hospitalar pode ser definida como um conjunto de ações de diagnóstico,preventivas e paliativas em saúde bucal executadas em ambiente hospitalar onde seu principal foco é o atendimento em saúde bucal do paciente, juntamente com a equipe multiprofissional. “A presença desses profissionais auxilia na redução dos custos hospitalares pela diminuição na quantidade de prescrição de medicamentos e de indicação de nutrição parenteral, contribuindo na qualidade de vida destes pacientes”, afirmou.

Ainda segundo a odontóloga, a implantação da Odontologia Hospitalar contribui na redução de incidência de pneumonia associada a ventilação mecânica (PAVM) e atua na prevenção e diagnóstico de infecções bucais causadas por fungos e bactérias reduzindo o uso de antibióticos, prevenindo focos de infecção em pacientes candidatos a transplantes, pacientes cardiopatas, oncológicos renais crônicos, neuropatas, hematológicos e diabéticos. “Estamos inserindo estes serviços passo a passo e para isso precisamos da atenção especial dos órgãos competentes neste projeto ímpar junto a rede hospitalar em todo estado da Paraíba”, observou.

Para Maria Goretti,  ensinar a criança a cuidar dos dentes desde cedo é um investimento que trará benefícios para o resto da vida dela, mostrando-a que a saúde bucal é importante. “Assim, atitudes preventivas devem ser incorporadas à rotina familiar. Despertar cuidados de higiene é uma forma de preservar a saúde bucal da criança”, comentou a odontóloga.