João Pessoa
Feed de Notícias

Hospital de Patos amplia leitos e atende 10 mil pessoas por mês

quarta-feira, 18 de abril de 2012 - 09:33 - Fotos:  Francisco França/Secom-PB

Uma média de 10 mil pessoas são atendidas mensalmente no Hospital Regional Deputado Janduhy Carneiro, em Patos, que também interna cerca 800 pacientes no mesmo período.

“Trabalhamos com a humanização em todos os setores para que a população desfrute de um atendimento de qualidade e eficiência”, destacou o diretor do hospital Eliseu José de Melo Neto.

A unidade conseguir dinamizar o atendimento com a criação do sistema de classificação de risco, no qual os pacientes são selecionados de acordo com a urgência que o caso requer. Eles são identificados com fitas nas cores amarela, verde, vermelha, azul e laranja.  De acordo com o diretor, somente para atendimento na área de urgência, quando o atendimento deve ser feito em até 30 minutos (fita amarela), foram criados 12 leitos todos climatizados.

O diretor explicou que o em 2011, q         uando assumiu a direção o hospital tinha apenas 120 leitos. “Vimos a necessidade de melhorar o atendimento e dar vazão à demanda, daí foram criados mais 31 leitos e a unidade passou a dispor de 151”, lembra o diretor.

O Hospital Regional de Patos é referência para 43 municípios, mas ano passado chegou a atender pacientes de 98 cidades, já que muitas pessoas vêm dos Estados do Pernambuco e Rio Grande do Norte.

O plantão do hospital conta com médicos de cirurgia geral, ortopedista, urologista, oftalmologista, otorrino, clínico geral, anestesistas, intensivistas, bucomaxilar, endoscopista, pneumologista, cardiologista, neurocirurgião e radiologista. No decorrer do ano passado 12 cursos de capacitação foram destinados aos funcionários da unidade para melhorar o atendimento.

Mais investimentos – Recentemente, o Governo do Estado entregou ao Regional de Patos a unidade de atendimento ao acidente vascular cerebral (AVC). O serviço conta com uma equipe multiprofissional composta por médicos, enfermeiros, psicólogos e assistentes sociais que trabalham com o objetivo de reduzir a morbidade, a mortalidade e o tempo de internação do paciente.

Nesse serviço foram investidos recursos da ordem R$ 300 mil na reforma da estrutura e na aquisição de equipamentos. “Nós estamos pensando em ampliar o serviço e criar mais dois leitos”, afirmou o diretor Eliseu Melo.

O Hospital de Patos é a primeira unidade regional do Estado com atendimento focado no tratamento do AVC, que é equipada com respiradores, monitores multiparâmetro, camas de controle de posição, aspiradores, oxímetro de pulso e carro de parada cardiovascular.

Neurocirurgia – O diretor Eliseu Melo disse que o hospital já está se preparando para atender na área de neurocirurgias. Para isso estuda a criação de mais 14 leitos de UTI (hoje o hospital dispõe de seis) para atender pacientes com politraumatismos graves.

O homem também terá prioridade no Hospital já que 58% dos atendimentos são do sexo masculino. Para isso a unidade de saúde já pensa em criar enfermarias especializadas para atender doenças relacionadas ao sexo masculino.

O hospital também está criando o Conselho Gestor que será formado por 24 membros com representação igual da direção, dos usuários e entidades de classe e funcionários que serão escolhidos por meio de eleição direta. Esse conselho terá função de discutir e acompanhar as ações e serviços que estão sendo implantadas, como também os investimentos aplicados.