Fale Conosco

9 de junho de 2014

Hospitais do Estado vão usar sistema que registra gastos com a saúde



ses apura sus sistema de informacao e controle custos 1 270x202 - Hospitais do Estado vão usar sistema que registra gastos com a saúdeA Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio do Núcleo de Economia da Saúde (NES-PB), realiza desta segunda (9) até quarta-feira (11), das 8h às 17 h, na Federação Espírita, em João Pessoa, um treinamento do Sistema de Apuração e Gestão de Custos do SUS (ApuraSUS). O ApuraSUS é um sistema de informação, desenvolvido pelo Ministério da Saúde, no qual as Unidades de Saúde registram todos os gastos com os serviços oferecidos à população pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

O SUS é gratuito, mas possui custos para o Estado. A saúde tem preço e precisamos deixar isso claro ao cidadão que precisa ter ciência do quanto está sendo gasto para que ele tenha um tratamento adequado”, disse a chefe do Núcleo de Economia da Saúde da SES, Shirleyanne Brasileiro.

O evento está sendo destinado aos hospitais pilotos da Paraíba e marca a entrega do sistema para os seguintes hospitais: Arlinda Marques: Traumas de João Pessoa e Campina Grande; Maternidade Frei Damião; Complexo Hospitalar Clementino Fraga; Hospitais Regionais de Picuí e Cajazeiras.

De acordo com Shirleyanne, estes hospitais são tidos como “pilotos” porque já vêm sendo preparados para receber o sistema. “Antes, os hospitais não tinham uma cultura de organização dos seus dados, coletas e despesas, gastos e custos. Nós elegemos sete hospitais que são referências no Estado, com perfis diferentes, para fazermos um estudo dessa ferramenta de gestão”, disse.

ses apura sus sistema de informacao e controle custos 2 270x202 - Hospitais do Estado vão usar sistema que registra gastos com a saúdeOs sete hospitais estão há seis meses passando por treinamentos específicos e, depois do evento, começarão a utilizar o sistema. “Começamos com a teoria, com o embasamento do Programa Nacional de Gestão de Cursos e, a partir de agora, os gestores já começarão a alimentar o sistema na prática”, falou Shirleyane.

O treinamento está sendo feito por técnicos do Ministério da Saúde, do Programa Nacional de Gestão de Cursos (Departamento de Economia) e do Núcleo de Economia da Saúde da Paraíba, SES.

A meta é que até setembro os gestores destes sete hospitais pilotos possam fornecer à SES os primeiros indicadores de custeio de produção e até o mês de agosto a intenção é que todos os hospitais da rede estejam utilizando o sistema ApuraSUS.