João Pessoa
Feed de Notícias

Horta orgânica gera oportunidades de negócios em Areia

sábado, 1 de dezembro de 2012 - 10:43 - Fotos:  Antônio David/ Secom-PB

As mãos que trabalham a terra no cultivo de hortaliças são as mesmas que entregam os produtos aos consumidores na Feira do Agricultor Familiar realizada toda sexta-feira, na cidade de Areia. O agricultor Adilton dos Santos Freire, do sítio Chã do Jardim, utiliza uma área um hectare de terra, pertencente a uma tia, para fazer sua plantação.

Ele cultiva alface, cebolinha, coentro, pimentão, chuchu, beterraba, couve e cenoura no canteiro que enche os olhos de quem observa. Paciente, ele percorre os leirões para mostrar como são feitos os tratos culturais, com o acompanhamento de extensionista da Emater Paraíba.

“No princípio, tinha receio de seguir a orientação técnica, mas vendo o resultado de outros agricultores, decidir fazer um pequeno experimento. Como deu certo, ampliei a área plantada e venho participando da Feira em Areia e, também, em outras cidades”, afirmou.

Segundo ele, foi por intermédio da Emater que há cerca de dois anos comercializa ao Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) e se prepara para ingressar no Programa de Aquisição de Alimento (PAA), a exemplo de outros agricultores familiares, que considera a participação fundamental para melhorar a renda de sua família.

Ele disse que, desde criança, trabalha no cultivo de hortaliças, junto aos seus pais, e depois de trabalhar para outras pessoas, decidiu ter seu próprio canteiro. “Precisamos melhorar a renda”, disse.

Também segue orientação para criar condições de convivência com as longas estiagens, conforme recomendação do Governo do Estado. No sítio, orientado pela Emater, construiu uma cisterma com capacidade de 19 mil litros de água, que será utilizada nos períodos em que as fontes naturais secam. “Já temos um reservatório, mas queríamos outro para maior  garantia”, comentou.

Estes reservatórios são a certeza de que futuras estiagens, que também ocorrem na região do Brejo, não prejudiquem a produção de hortaliças. No momento, usa água de um barreiro e uma pequena cisterna existentes no sítio.

Sobre o trabalho realizado em parceria com o Governo do Estado, por intermédio da Emater, empresa vinculada à Secretaria do Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca, Adailton Freire disse que vem dando bons resultados, pois abriu caminhos e trouxe qualidade de vida.

O trabalho deste agricultor familiar é acompanhado pelo coordenador regional da Emater em Areia, Auto Martins da Costa, e pelo extensionista rural Eduardo Silveira, coordenador das Chamadas Públicas da Borborema, que abrangem 21 municípios. “Adailton é um produtor concentrado no trabalho. Ele lida com produtos agroecológicos, daí o sucesso. Ele absorve muito bem as tecnologias”, disse Eduardo.

Na Feira do Agricultor Familiar, onde está presente toda sexta-feira, logo cedo, já conta com clientela cativa. “Quanto não comparecem à Freira, mandam avisar para guardar seus produtos que, toda semana, já sabemos o que compram”, comentou.