Fale Conosco

19 de agosto de 2016

Homenagens marcam solenidade do patrono da Polícia Militar da Paraíba



Homenagens marcam solenidade do patrono da Polícia Militar da Paraíba Foto Wagner Varela SECOM PB 7 270x180 - Homenagens marcam solenidade do patrono da Polícia Militar da ParaíbaA solenidade que celebrou o dia do patrono da Polícia Militar, coronel Elísio Sobreira, foi marcada por homenagens com a entrega de medalhas a policiais e autoridades civis que vêm contribuindo para o crescimento e fortalecimento da corporação. O evento foi realizado nessa quinta-feira (18), no Espaço Cultural José Lins do Rego, no bairro de Tambauzinho, em João Pessoa.

O comandante geral da Polícia Militar, coronel Euller Chaves, entregou medalhas de serviços distintos, Cruz de Sangue e a Elísio Sobreira – esta a mais alta comenda da PM paraibana.

Entre os agraciados com a medalha que leva o nome do patrono da Polícia Militar estava a vice-governadora, Lígia Feliciano, que falou da importância da homenagem. “Eu fico muito feliz pelo reconhecimento, agradeço pela honraria da medalha e aproveito para agradecer também o compromisso que os policiais militares vêm demonstrando de trabalhar cada vez mais pelo nosso estado, em defesa da nossa Paraíba, mesmo com o risco da própria vida”, disse.

Reconhecimento foi uma das palavras usadas também pelo comandante geral para dizer o que representa a data para a corporação. “Aqui celebramos uma reverência à história da Polícia Militar, do seu patrono, e aproveitamos o momento para celebrar com reconhecimento e um olhar para o futuro. Reconhecimento para aqueles que vêm fazendo, dando seu próprio sangue em favor da sociedade, reconhecimento também àquelas pessoas que estabelecem ações específicas para o crescimento da nossa corporação. E olhar no futuro com a entrega do espadim Tiradentes aos novos cadetes que chegam para reforçar os quadros da nossa instituição”, destacou o coronel Euller Chaves.

Novos policiais – A solenidade marcou também a entrega do “Espadim Tiradentes” aos 28 novos cadetes, que vão passar por três anos de treinamentos no Curso de Formação Oficiais (CFO), que é realizado no Centro de Educação da Polícia Militar. Eles serão preparados para exercer as funções de comando nas unidades da PM no Estado.