João Pessoa
Feed de Notícias

Homenagens marcam comemoração dos 98 anos do Corpo de Bombeiros

quinta-feira, 11 de junho de 2015 - 16:22 - Fotos: 

O pátio do Espaço Cultural José Lins do Rêgo, na Capital, sediou, nesta quinta-feira (11), a solenidade militar em comemoração aos 98 anos do Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba (CBMPB). No local, representantes de várias modalidades da corporação – como combate a incêndio, salvamento aquático e resgate – formaram a tropa presente. Além deles, autoridades civis e militares, algumas delas homenageadas, participaram do evento.

Para o comandante geral do CBMPB, coronel Jair Carneiro de Barros, a celebração do aniversário da instituição traz à tona todos os avanços obtidos ao longo da história e, sobretudo, nos últimos quatro anos. “Passamos por um momento de notável modernização e valorização profissional, aumentando nossa capacidade de bem atender a sociedade. A corporação, ao longo de sua existência, nem sempre contou com muitos equipamentos e viaturas. Os 98 anos de sua história foram vivenciados com muita superação e, acima de tudo, com o sentimento de amor ao próximo na missão de salvar vidas”, destacou.

O secretário de Estado da Segurança e Defesa Social, Cláudio Lima, lembrou da importância do Corpo de Bombeiros dentro do sistema de Segurança Pública. “Uma das principais diretrizes do Governo do Estado é a integração entre os órgãos operativos e o Corpo de Bombeiros, dentro desse programa de defesa social, é um órgão importantíssimo. Ele colabora tanto na parte da defesa civil quanto na parte operacional, portanto é uma especialização dentro de um corpo só”, afirmou.

O comandante do 1° Grupamento de Engenharia, o general de brigada Daniel de Almeida Dantas, um dos 25 homenageados pelo CBMPB com a medalha de serviços distintos, lembrou da credibilidade que a corporação tem junto ao público. “O trabalho do Corpo de Bombeiros é glorioso e reconhecido por toda a sociedade, acredito que é uma das instituições públicas com maior credibilidade justamente pelo serviço que presta à população”, comentou, ao agradecer a honraria recebida.

Durante a solenidade, também foi feita a assinatura do temo de cessão de uso de um prédio do Tribunal de Justiça da Paraíba, que passará a abrigar o 1° Comando Regional de Bombeiro Militar. “Conheci mais profundamente o trabalho do Corpo de Bombeiros, inclusive interiorizado pelo Estado, e verifiquei como a instituição está restruturada, com novos equipamentos e serviços.  O Corpo de Bombeiros tradicional de somente apagar o fogo é hoje também a corporação de salvamento nas águas e terras ”, apontou o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Marcos Cavalcanti.

 Investimentos –  A comemoração dos 98 anos do Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba também marcou a exposição das viaturas do tipo Auto Bomba Tanque, utilizadas para o combate a incêndio, recém adquiridas pelo Governo do Estado. Elas, em um total de sete, demandaram um investimento na ordem de R$ 3.780 milhões e somarão a frota já existente.

“Teremos uma renovação e um reforço no serviço de combate a incêndio, além de poder fazer a manutenção da parte mecânica e estrutural das viaturas já existentes e que precisam dessa revisão”, informou o comandante geral, coronel Jair, ao citar que além das sete ABTs adquiridas, mais duas serão recebidas por doação da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp).

Até julho deste ano, também chegarão para a corporação 28 motocicletas de alta potência para o reforço das atividades de fiscalização e principalmente de resgate. As motos dão uma maior operacionalidade ao serviço emergencial de primeiros socorros, já que possuem mais mobilidade.   Levando em conta todo o montante investido na corporação de 2011 a 2014, o número passa de R$ 23 milhões.

História – O Comando do Corpo de Bombeiros foi criado em 1917, através do decreto estadual de número 844. Na época, a corporação funcionava como uma seção ligada à Força Pública Estadual (antiga Polícia Militar) e ainda não contava com instalações próprias. Um ano após a fundação, em 1918, a instituição ganhou um quartel próprio, na esquina da rua Maciel Pinheiro com a Duarte Lima. Já em 2007, a corporação conquistou a autonomia administrativa e financeira, a partir da ativação da instituição como um Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba.

Nessa mesma época, houve a ampliação dos atendimentos, que antes eram restritos ao serviço ativo de combate ao fogo e ao salvamento. Foi então consolidado o serviço de engenharia, através da Diretoria de Atividades Técnicas (DAT), que ganhou um importante foco preventivo, com as fiscalizações aos sistemas de combate a incêndio e pânico.

Atualmente, o Corpo de Bombeiros está presente em várias partes do Estado, por meio de oito batalhões e três companhias independentes, que atendem a população nas diversas modalidades de combate a incêndio, salvamento aquático e terrestre, além de atendimento pré-hospitalar.