João Pessoa
Feed de Notícias

Hemonúcleo de Patos realiza campanha para aumentar número de doadores

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013 - 08:56 - Fotos:  Secom-PB

A equipe do Hemonúcleo da cidade de Patos vai realizar uma mobilização, no próximo dia 30, onde haverá entrega de panfletos visando sensibilizar as pessoas sobre a importância da doação de sangue. Durante a campanha, será feito o transporte de pessoas que queiram doar até a sede do Hemonúcleo, local onde será feita a coleta.

De acordo com a secretária do Hemonúcleo de Patos, Silvana Corsino, a unidade precisa garantir o estoque sanguíneo. “A situação é preocupante, tendo em vista que durante esse mês faltou sangue do tipo B+ e os dos fatores NH negativos: A, O e AB – no nosso estoque, o que nos obrigou a fazer um trabalho mais específico na busca ativa desse tipo de sangue”, enfatizou Silvana.

Ela revelou também que outro problema que dificulta o trabalho de coleta diz respeito aos doadores que chegam embriagados, principalmente nesse período, querendo doar, o que não é permitido, uma vez que pessoas alcoolizadas não podem fazer doações, por isso o trabalho de coleta para o período carnavalesco é feito com antecedência.

Para o vigilante Rodízio Ferreira que é doador há oito anos, o importante é ajudar o próximo. “Eu acho muito importante doar sangue porque sei que estou ajudando a salvar vidas”, disse.  Já o porteiro Wanderci da Silva Leandro, doador há quatro anos, enfatizou seu sentimento com relação à doação. “A doação de sangue é um ato de caridade e eu me sinto muito feliz em poder ajudar as pessoas e saber que estou fazendo minha parte”.

Atualmente o Hemonúcleo de Patos trabalha com um déficit de 100 doadores, tendo em vista que o número atual de doadores é em torno de 400, e o necessário para garantir um estoque de segurança seriam 500 doadores. Todo o sangue coletado fica armazenado na sede do órgão e abastece os hospitais locais e também de outras cidades que, quando necessitam de um determinado tipo de sangue, solicitam ao Hemonúcleo, pois é feito um trabalho em parceria com toda a rede de Hemonúcleos de Estado.

A validade de cada bolsa de sangue é de 34 dias para o concentrado de hemácias, que é o mais usado, e um ano para o plasma, que é usado em casos de queimaduras. O intervalo entre cada doação é de dois meses para homens e três para mulheres. Para ser doador a pessoa deve ter entre 16 a 65 anos, ter acima de 50 kg e portar documento com foto. Na hora da doação a pessoa deve estar bem alimentada e com boa saúde.

Pessoas que tiveram hepatite depois dos 12 anos de idade, gestantes ou mães que estão em período de amamentação e pessoas que foram acometidas de resfriados nos quinze dias anteriores à doação não podem doar sangue. Quanto ao horário de funcionamento do Hemonúcleo de Patos é de 07h às 13h, de segunda a sexta.