João Pessoa
Feed de Notícias

Hemocentro realiza campanha direcionada a mulheres na ‘Semana das Mães

sexta-feira, 30 de abril de 2010 - 13:23 - Fotos: 

O Hemocentro da Paraíba, órgão ligado à Secretaria de Estado da Saúde (SES), realiza, a partir da próxima segunda-feira (3), uma campanha direcionada às mulheres, especialmente às mães que comemorarão seu dia no próximo domingo (9). Com o título ‘Sangue forte, sexo frágil’, a SES quer conscientizar e chamar atenção das mulheres para a importância de doar sangue.

“A pessoa que tem o dom de gerar uma vida e sentir a dor do parto, também pode contribuir para salvar vidas, doando o seu sangue. Por isso, estamos conclamando as mulheres a comparecerem a uma das nossas 12 unidades em todo o Estado para fazer a sua doação e exercer a sua cidadania”, disse Vânia Pereira, coordenadora de Ações Estratégicas do Hemocentro.

Ela explicou que, hoje, de cada cem doadores apenas 18 são do sexo feminino. Vânia Pereira afirmou que isso acontece devido a questões culturais, como por exemplo, a de que a mulher é um sexo frágil, que menstrua e, por isso, não poder doar sangue.  Para reverter essa situação, o Serviço Social do Hemocentro vem realizando uma série de palestras em empresas públicas e privadas, associações para sensibilizar a mulher a se tornar uma doadora de sangue.

Vânia Pereira explicou esse trabalho é feito constantemente, mas foi intensificado desde o último dia 15 como uma das estratégias da campanha. Este mês já foram realizadas palestras e coletas externas de sangue no Serviço Social da Indústria (Sesi) no Ministério da Agricultura e no Supermercado Pão de Açúcar, na avenida Epitácio Pessoa. “A nossa meta é chegar até o final do ano com 30% dos nossos doadores do sexo feminino”, disse.

Para ser doador, é preciso que as pessoas tenham de 18 a 65 anos, pesem acima de 50 kg, não estejam tomando remédio controlado, não tenham ingerido bebida alcoólica até 24 horas antes da doação e estejam gozando de boa saúde. Todo o material coletado passa por exames de sífilis, HIV, hepatite B e C, entre outros, que garantem a qualidade do sangue doado. “Não existe risco no ato de doar sangue. Todo o material é descartável e também não é necessário ficar doando sangue sempre, porque doou uma vez”, lembrou.

A Rede Hemocentro da Paraíba é responsável por atender 40 hospitais, cobrindo 100% dos leitos do Sistema Único de Saúde e mais os leitos de planos de saúde cadastrados. Para tanto é composta por uma rede de dez hemonúcleos distribuídos nos municípios de Guarabira, Picuí, Monteiro, Princesa Isabel, Patos, Piancó, Itaporanga, Cajazeiras, Sousa e Catolé do Rocha, além de um regional em Campina Grande.

Assessoria de Imprensa da SES/PB