João Pessoa
Feed de Notícias

Hemocentro lança campanha para aumentar estoque de sangue durante período carnavalesco

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015 - 17:48 - Fotos: 

O Hemocentro da Paraíba lançou, nesta sexta-feira (6), uma campanha para aumentar o estoque de sangue, em pelo menos 30%, durante o período carnavalesco. O evento contou com a participação de malabaristas, palhaços, bailarinos e contorcionistas do circo francês Le Cirque, que fizeram uma apresentação exclusiva.

“São ações como esta que estimulam a doação, porque chamam a atenção para o ato de doar. Ainda mais artistas circenses, que tanto fascinam a população”, disse a coordenadora de ações estratégicas do Hemocentro, Divane Cabral.

A costureira Mércia dos Santos não perdeu um detalhe da apresentação. Ela é doadora, mas, nesta sexta-feira, não pôde doar porque está com anemia. “Fiquei triste por não poder fazer a minha parte hoje, mas vou cuidar da minha saúde e em dois meses retorno. Ao mesmo tempo, fiquei muito feliz de ver a apresentação dos artistas e mais ainda por saber que estão aqui por uma causa tão nobre, que é ajudar ao próximo. Precisamos de mais gestos assim”, destacou.

Enquanto as apresentações circenses aconteciam na calçada do Hemocentro, o advogado Raphael Felippe Correia Lima, de 29 anos, doava sangue pela segunda vez.  Ele aproveitou para fazer uma selfie – foto tirada por ele mesmo com o celular. “Vou colocar esta foto nos grupos do whatsapp para incentivar os amigos a doarem sangue”, comentou.

Le Cirque tem mais de duzentos anos de tradição, e está pela segunda vez em João Pessoa. A equipe conta com mais de 70 profissionais de diversas nacionalidades, entre artistas e técnicos. O pessoense Jodson Brito, de 21 anos, o palhaço Piriquitovisk, é o único paraibano da companhia circense, na capital desde dezembro do ano passado. Ele também é doador. “A doação é um ato que deve ser feito por todos.  Independentemente de ser artista ou não, cada um deve fazer a sua parte”, disse.

Funcionamento - Durante o período de carnaval, o Hemocentro da Paraíba funcionará em regime de plantão, 24 horas, para a equipe que trabalha com a liberação das bolsas de sangue para as unidades que solicitarem. Quanto ao atendimento ao público para a doação, o serviço funcionará no sábado (14), das 7h às 17h, e será fechado no domingo (15). Na segunda-feira (16), funcionará das 7h às 13h e fechará na terça-feira (17), voltando a reabrir na quarta-feira de Cinzas (18), às 13h.

Coletas externas - Para o mês de fevereiro, o Hemocentro já fechou a programação de coletas externas. Serão 10 coletas, seis a mais do que em janeiro. A primeira aconteceu no Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena na última terça-feira (3) e a segunda, nesta quarta (4) no município de Pedro Régis.

No sábado (7), a coleta externa será realizada no Conjunto Mário Andreaza, no município de Bayeux. Já na terça-feira (10), será na Central de Aulas da UFPB; dia 12, na Concessionária Fiori, em João Pessoa; dia 12 na Destilária Japungú, em Lucena; e no dia 13, na Escola Estadual Professora Débora Duarte, no bairro Funcionários II, na capital.

As coletas externas retornam após o período de carnaval, no sábado (21), na Praça de Tibiri, em Santa Rita. Seguem na terça-feira (24), no Parque Solon de Lucena, em João Pessoa, e na quarta (25) no Magazine Luiza, também na capital.

Doação – As condições para que alguém esteja apto a doar sangue são as seguintes:

- ter idade entre 16 e 69 anos (se for menor de 18 anos é necessária a autorização do responsável legal);

- pesar acima de 50 quilos;

- ter dormido normalmente nas últimas 24 horas;

- estar alimentado, com intervalo de duas horas após o almoço;

- evitar alimentos gordurosos na véspera e no dia da doação;

- não ter tido hepatite após os 11 anos de idade;

- não estar gripado, resfriado, com febre ou diarreia;

- não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas;

- não ter comportamento de risco para doenças sexualmente transmissíveis;

- não estar grávida ou em período de amamentação. A menstruação e o uso de pílulas anticoncepcionais não impedem a doação;

- respeitar o intervalo entre as doações que devem ser de dois meses para os homens e de três meses para as mulheres.

As pessoas interessadas em doar sangue e precisarem tirar qualquer dúvida ou marcar uma coleta externa podem ligar para o telefone 3218-7698.