João Pessoa
Feed de Notícias

Hemocentro e Edson Ramalho participam do desfile da Independência

sábado, 7 de setembro de 2013 - 17:04 - Fotos:  Secom-PB/Ricardo Puppe

O Hemocentro de João Pessoa e o Hospital Edson Ramalho participaram do desfile cívico de 7 de setembro. O Hemocentro levou às ruas aproximadamente 50 pessoas, divididos em pelotão de doadores masculino e feminino, doadores do futuro (formado por crianças) e um pelotão de funcionários do próprio Hemocentro, que também são doadores. Cada pelotão levou uma faixa que destacou a importância de doar sangue para salvar vidas.

De acordo com a diretora do Hemocentro, Sandra Sobreira, a participação é importante para que a população conhecer a instituição. “É de grande importância a participação no desfile de Independência para que assim a população possa conhecer o que é o Hemocentro e saiber sobre nossa necessidade da doação de sangue, para que assim possamos continuar salvando vidas. O Hemocentro participa do desfile cívico há mais de dez anos, mostrando a todos que ele existe e está aqui para fazer a diferença”, disse.

O Hemocentro de João Pessoa é uma das poucas unidades de saúde do gênero no Brasil a participar das atividades de 7 de Setembro. “A novidade este ano foi a participação dos alunos da escola Augustinho Fonseca Neto, do bairro do Cristo, em João Pessoa, que animaram o desfile com a banda marcial infantil. “Nesta escola, a importância sobre a doação de sangue faz parte da grade curricular do educandário”, disse a chefe do Núcleo de Ações Estratégicas do Hemocentro, Divane Cabral.

A diretora do Hemocentro aproveitou para ressaltar os avanços que a unidade vem realizando. “Estamos tentando conquistar uma melhor qualidade a cada dia. No mês de outubro, vamos ser auditados pelo Ministério da Saúde. Fomos auditados pela Empresa Brasileira de Hemoderivados e Biotecnologia (Hemobrás) e tiramos nota máxima. Esperamos esse mesmo resultado do MS, pois o Hemocentro de João Pessoa hoje tem outra roupagem, a gente trabalha com muita qualidade, implantamos o laboratório de Testagem de Ácidos Nucleicos (NAT), que é pioneiro no Brasil, já implantamos em Campina Grande e agora em outubro estaremos implantando em toda a Hemorrede”, concluiu Sandra Sobreira.

O Hospital Edson Ramalho também participou do desfile com um pelotão formado por cerca de 40 pessoas que fazem parte da Companhia de Saúde do Hospital. De acordo com o diretor administrativo, major Luciano Pontes, essa é mais uma forma de chamar atenção da sociedade para a importância do hospital no atendimento de urgência e emergência e em várias especialidades médicas.