Fale Conosco

26 de maio de 2009

Hemocentro de Campina realiza coleta externa em Queimadas



A unidade móvel do Hemocentro de Campina Grande estará nesta quarta-feira (27) na Praça da Prefeitura, em Queimadas. O horário da coleta será das 8h às 16h. O principal objetivo da coleta externa é garantir o estoque de sangue, além de dar oportunidade para que a população tome conhecimento da ação voluntariada, pois muitos têm vontade de doar, mas às vezes por falta de informação e tempo não se deslocam ao Hemocentro.

Todas as pessoas que realizam a doação voluntária de sangue têm direito a atestado, que abona o dia de trabalho, conforme Lei Federal nº. 1075 de 27/03/1950. Atualmente, a cidade de Campina Grande coleta por mês em torno de 1.500 bolsas de sangue, sendo que dessas a unidade móvel é responsável por 10 % do total captado. A partir de março deste ano, o órgão realizou 13 coletas externas e cerca de 400 pessoas se candidataram à doação de sangue.

Para doar é indispensável a apresentação de um documento emitido por órgão oficial com foto, pesar acima 50 quilos, ter idade entre 18 e 65 anos, estar saudável, não ter ingerido bebida alcoólica 12 horas antes da doação e não estar em jejum.

A diretora geral do Hemocentro Regional de Campina Grande, Maria das Graças Teixeira da Rocha, lembrou doar sangue é importante, “porque tem sempre alguém esperando pela doação e, além disso, não existe nada que substitua o sangue humano em tratamentos médicos, clínicos ou cirúrgicos”, disse.

As empresas, escolas ou órgãos públicos interessados em receber a unidade móvel do Hemocentro para coleta em suas instalações devem entrar em contato com o setor de Captação de Doadores no telefone (83) 3310-7151.
Importância – O sangue não pode ser substituído por qualquer medicamento. A doação de sangue deve ser voluntária e não gratificada. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), de cada cinco pessoas no planeta, uma precisará de sangue um dia.

“Cada unidade de sangue doado pode privilegiar até três pessoas. Pacientes submetidos a transplantes de órgãos, grandes cirurgias, vítimas de acidentes diversos e portadores de doenças sanguíneas são os mais beneficiados com a doação. Doar sangue é rápido, fácil e seguro”, acrescentou a diretora.

O material utilizado é descartável e o doador pode e deve acompanhar todo o processo. Em cada doação são coletados menos que 10% do total de sangue existente no corpo humano, o que representa uma média de 400 a 450ml.

Assessoria de Imprensa, Hemocentro Regional de Campina Grande