Fale Conosco

20 de maio de 2009

Hemocentro de Campina homenageia enfermeiros e assistentes sociais



Enfermeiros, auxiliares de enfermagem e assistentes sociais que prestam atendimento à população de Campina Grande no Hemocentro Regional daquela cidade estiveram reunidos na terça-feira (19), em um evento que lembrou o ‘Dia da Enfermagem’ (comemorado em 12 de maio) e o ‘Dia do Assistente Social’ (celebrado a 15 de maio).

Na ocasião, os participantes se confraternizaram e a enfermeira chefe do órgão, Larissa Nogueira de Siqueira Barbosa, falou da importância desses profissionais “para o bom funcionamento da instituição. Os enfermeiros e os assistentes sócias, assim como os médicos, são profissionais que estão na ponta do serviço de auxílio à saúde, pois são fundamentais para a atividade fim deste serviço”, lembrou.

Origens – No dia 12 de maio comemora-se mundialmente o ‘Dia do Enfermeiro’, numa homenagem a Florence Nightingale, um marco da enfermagem moderna no mundo e que nasceu em 12 de maio de 1820.

Já no Brasil, além do ‘Dia do Enfermeiro’, entre os dias 12 e 20 de maio é comemorada a Semana da Enfermagem, instituída em meados dos anos 40, para homenagear duas grandes personagens da Enfermagem no mundo: Florence Nigthingale e Ana Néri, essa última enfermeira brasileira e a primeira a se alistar voluntariamente em combates militares.

A profissão tem sua origem milenar e data da época em que ser enfermeiro era uma referência a quem cuidava, protegia e nutria pessoas convalescentes, idosos e deficientes. Durante séculos, a Enfermagem vem formando profissionais em todo o mundo, comprometidos com a saúde e o bem-estar do ser humano.

Só no Brasil são mais de 100 mil enfermeiros, além de técnicos e auxiliares de enfermagem, que somam cerca de 900 mil profissionais em todo o País. Essas variações de cargos fazem com que mais profissionais se juntem ao setor e a novas possibilidades de trabalho na área.

Já o ‘Dia do Assistente Social’, celebrado a 15 de maio, tem sua origem ligada a um evento religioso que repercutiu em todo o mundo cristão. Em 15 de maio de 1891, o papa Leão XIII publicava a encíclica ‘Rerum Novarum’, apresentando ao mundo católico os fundamentos e as diretrizes da Doutrina Social da Igreja. Era a primeira Encíclica Social já escrita por um papa e exibia o posicionamento da Igreja frente aos graves problemas sociais que dominavam as sociedades européias. Para os assistentes sociais europeus, a Encíclica publicada naquele dia 15 de maio trazia um conteúdo muito especial. O simbolismo do 15 de maio, ‘Dia do Assistente Social’, evoca meio século de regulamentação da profissão e evidencia as lutas da categoria contra o desemprego, as desigualdades e a violência.

 
Assessoria de Imprensa – Hemocentro Regional de Campina Grande