João Pessoa
Feed de Notícias

Hemocentro de CG programa coleta externa de sangue

quarta-feira, 13 de abril de 2011 - 16:02 - Fotos: 

 

Doação de sangue: ato de solidariedade

O Hemocentro Regional de Campina Grande elaborou um cronograma com vistas à realização de coletas externas de sangue para o mês de abril. Esse trabalho, que vem sendo realizado de forma permanente, tem como principal objetivo aumentar o estoque de sangue para atender a demanda não só do município como todo Compartimento da Borborema.

De acordo com a diretora geral do Hemocentro de Campina Grande, Maria do Socorro Antunes de Alencar, além dessas coletas, uma equipe de profissionais do órgão sai às ruas para fazer panfletagem sobre a importância do ato de se doar sangue. O hemocentro também promove reuniões em empresas e palestras de sensibilização/conscientização em escolas, sobre o gesto de solidariedade e amor ao próximo, que é doar sangue.

No último dia 7 a coleta externa foi realizada no município de Queimadas; no dia 9 na Igreja Adventista e no dia 12 na Praça da Bandeira. De acordo com o cronograma, no dia 19 a coleta será realizada no Bairro da Glória e, no dia 27, no município de Puxinanã.

A diretora do Hemocentro explica que muitas pessoas não sabem que doar sangue é simples, rápido e não dói. Desconhecem que todo ser humano em boas condições de saúde pode doar sangue sem qualquer risco ou prejuízo à sua saúde. “Todos os dias acontecem acidentes, pessoas são submetidas a cirurgias de urgência e aguardam que outras façam um gesto de solidariedade e doem sangue para reabilitar suas vidas. É preciso lembrar que nem só os acidentados precisam de transfusões. “Quem sofre queimaduras e hemofílicos, por exemplo, também necessitam de sangue”, alertou.

Socorro Antunes explica que o ato de doar sangue é, antes de tudo, um gesto de amor ao próximo. Cada vez que uma pessoa doa sangue, salva a vida de até quatro pessoas. A quantidade de sangue retirada não afeta a saúde do doador e sua recuperação é imediata. “Se cada cidadão saudável doasse sangue, pelo ao menos duas vezes por ano, não seriam necessárias campanhas emergenciais para coletas e reposição de estoques. Portanto, faça sua parte doe sangue e salve vidas”, comentou a diretora.

Podem doar sangue homens e mulheres com idade entre 18 anos completos e 65 anos e 11 meses e 29 dias, com peso acima de 50 kg e gozando de boa saúde. Recomenda-se para a doação: nunca estar em jejum; ter repouso mínimo de seis horas na noite anterior; não ingerir bebida alcoólica nas 12 horas anteriores; evitar fumar pelo ao menos duas horas antes da doação e não ingerir alimentos gordurosos.