João Pessoa
Feed de Notícias

Hemocentro de Campina Grande adota equipamento que mede hemoglobina sem agulha

terça-feira, 25 de agosto de 2015 - 11:04 - Fotos: 

O Hemocentro Regional de Campina Grande está utilizando um medidor não-invasivo que descarta a furada de agulha no dedo para medir o nível de hemoglobina no sangue. O exame é realizado na pré-triagem e é uma das exigências para a doação de sangue, uma vez que verifica se a pessoa está com anemia, que pode torná-la inapta à doação.

“Antes, o exame era realizado com uma furada no dedo e algumas pessoas se queixavam do desconforto causado, até mesmo mais do que a própria agulha utilizada para a coleta da doação do sangue”, explicou a coordenadora de Enfermagem, Larissa Nogueira.

Com o novo equipamento, o OrSense, a hemoglobina é verificada colocando o dedo polegar em um sensor, que detecta e mostra, em um monitor portátil, o nível de hemoglobina no sangue e os batimentos cardíacos. “O equipamento é muito sensível e preciso, tanto que todos os valores da hemoglobina são confirmados posteriormente, quando o sangue que é doado passa por todos os exames laboratoriais”, acrescentou a coordenadora de Enfermagem.

Para utilizar o OrSense, uma enfermeira e uma técnica de enfermagem da pré-triagem participaram de um treinamento no Hemocentro Coordenador da Paraíba, que já utiliza o equipamento, e repassaram os conhecimentos adquiridos aos demais profissionais do setor.

A hemoglobina está presente nos glóbulos vermelhos do sangue e têm como principal função o transporte de oxigênio dos pulmões para todo o corpo. A análise dos valores serve para identificar doenças como anemia, anemia falciforme e talassemia. Os valores de referência são: 14 a 18 g/dl para homens e 12 a 16 g/dl para mulheres.