João Pessoa
Feed de Notícias

Hemocentro de Campina faz campanha para aumentar doações de sangue no São João

terça-feira, 7 de junho de 2011 - 11:39 - Fotos: 

O Hemocentro Regional de Campina Grande realiza durante este mês a “Campanha Acenda a Fogueira do Seu Coração: Doe Sangue”. O objetivo é usar o período junino, quando aumenta o fluxo de pessoas na cidade, para reforçar a coleta de sangue. O Hemocentro está distribuindo material informativo no Parque do Povo para sensibilizar potenciais doadores.

A campanha também prevê a intensificação da captação de doadores através das coletas externas. De acordo com a programação, nesta quarta-feira (8) e no dia 21 a coleta será realizada na Praça da Bandeira, e no dia 15 no Campus da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) em Sumé.
A diretora geral do Hemocentro, Maria do Socorro Antunes de Alencar, explicou que este ano a novidade será uma parceria com o fã clube da Banda Chiclete com Banana, que estará em Campina Grande neste sábado (11) com o Bloco Namoradrilha, cujo slogan é: “Chicleteiro tem sangue bom”. Na sexta-feira (10), o fã clube terá a missão de encaminhar ao Hemocentro 50 doadores.

O Hemocentro também irá confeccionar camisa com o slogan que será entregue ao próprio cantor Bel que falará em público sobre a campanha e jogará à camisa aos participantes.

A diretora do Hemocentro explica que muitas pessoas não sabem que doar sangue é simples, rápido e não dói, e desconhecem que todo ser humano em boas condições de saúde pode doar sangue sem qualquer risco ou prejuízo à sua saúde. “Todos os dias acontecem acidentes, pessoas são submetidas a cirurgias de urgência e aguardam que outras façam um gesto de solidariedade e doem sangue para reabilitar suas vidas. É preciso lembrar que nem só os acidentados precisam de transfusões. “Quem sofre queimaduras e hemofílicos, por exemplo, também necessitam de sangue”, alerta.

Socorro Antunes explica que o ato de doar sangue é, antes de tudo, um gesto de amor ao próximo. Cada vez que uma pessoa doa sangue, salva a vida de até quatro pessoas. A quantidade de sangue retirada não afeta a saúde do doador e sua recuperação é imediata. “Se cada cidadão saudável doasse sangue pelo menos duas vezes por ano, não seriam necessárias campanhas emergenciais para coleta e reposição de estoques. Portanto, faça sua parte, doe sangue e salve vidas”, pediu a diretora.

Para ser doador, é preciso que a pessoa tenha de 18 a 65 anos, com peso acima de 50 kg, que não esteja tomando remédio controlado, não tenha ingerido bebida alcoólica até 24 horas antes da doação e esteja gozando de boa saúde. Todo o material coletado passa por exames de sífilis, HIV, hepatite B e C, entre outros que garantam a qualidade do sangue coletado. “Não existe risco no ato de doar sangue. Todo o material é descartável e também não é necessário ficar doando sangue sempre porque doou uma vez”, lembra Socorro Antunes.

A Rede Hemocentro da Paraíba é responsável por atender 40 hospitais, cobrindo 100% dos leitos do Sistema Único de Saúde e mais os leitos de planos de saúde cadastrados. Para tanto é composta por uma rede de dez hemonúcleos distribuídos nos municípios de Guarabira, Picuí, Monteiro, Princesa Isabel, Patos, Piancó, Itaporanga, Cajazeiras, Sousa e Catolé do Rocha, além do Regional de Campina Grande.