João Pessoa
Feed de Notícias

Hemocentro da Paraíba realiza capacitação para Agências Transfusionais da Hemorrede

segunda-feira, 14 de março de 2016 - 18:24 - Fotos: 

O Hemocentro da Paraíba iniciou, na manhã desta segunda-feira (14), a primeira capacitação técnica das Agências Transfusionais da Hemorrede de João Pessoa, com o objetivo de qualificar os profissionais destas agências. A iniciativa visa estabelecer padrões de atendimento e procedimento para as atividades em consonância com a legislação vigente preconizada pela Política Nacional do Sangue do Ministério da Saúde.

“A capacitação das agências faz parte de um plano do Ministério da Saúde, dentro do Programa Nacional de Estadualização. Estamos promovendo a capacitação visando minimizar as fragilidades encontradas anteriormente dentro das agências, buscando a padronização e a eficiência dos procedimentos”, explicou Kátia Navarro, do setor de Garantia da Qualidade.

O público alvo são os profissionais de saúde que atuam nas agências como técnicos de laboratório e principalmente enfermeiros e bioquímicos. Todos os profissionais envolvidos nas palestras da formação fazem parte dos núcleos de Garantia da Qualidade, Educação Permanente e Direção Técnica do Hemocentro da Paraíba.

Kátia esclarece a responsabilidade do Hemocentro nesse processo da garantia da qualidade. “O hemocentro é responsável por todo o processo do sangue e também da distribuição e não é possível conceber que o sangue seja produzido com qualidade e que se perca nesse processo nas agências”, afirmou.

O material foi preparado juntamente com o Ministério da Saúde, e o cronograma estabelecido pela equipe do Hemocentro. “Com a capacitação, nós conseguimos reunir, realmente, todos os profissionais das agências para trazer os procedimentos padronizados, o que leva a otimização e garantia da qualidade dos resultados”, enfatiza Nayanna Alencar, do Núcleo de Educação Permanente.

A capacitação terá continuidade nos dias 15, 16, 17, 21 e 22, com atividades teóricas e práticas. “Essa busca pela eficiência é um processo dinâmico e sempre haverá a responsabilidade do Hemocentro coordenador em direcionar o uso, armazenamento e processamento do sangue de qualidade”, disse Kátia.