João Pessoa
Feed de Notícias

Hemocentro da Paraíba lança campanha no mês dos Pais

sexta-feira, 10 de agosto de 2012 - 14:49 - Fotos:  Kleide Teixeira/Secom-PB

Foto: Kleide Teixeira/Secom-PB

O Hemocentro da Paraíba iniciou na manhã desta sexta-feira (10) uma campanha de incentivo à doação de sangue, desta vez, em alusão ao Dia dos Pais, comemorado neste domingo (12). Em duas horas, cerca de 40 pessoas já haviam realizado o gesto de solidariedade, fundamental para salvar vidas.

De acordo com a Chefe do Núcleo de Assuntos Estratégicos do Hemocentro, Divane Cabral, a programação especial de lançamento da campanha “Meu pai é doador sangue. E o seu?” oferece aos pais doadores atividade física com ginástica laboral, lanche especial e camisetas e se estende até às 18h. “Hoje temos esta programação especial, mas nossa intenção é proporcionar o aumento das doações de sangue durante todo o mês de agosto pelo menos em torno de 30%”.

Divane informou ainda que o Hemocentro da Paraíba recebe diariamente de 100 a 150 doadores, o que disponibiliza ao final do mês, de 3 a 5 mil bolsas de sangue. “O ideal, no entanto, seria que todos os dias tivéssemos a procura de cerca de 250 pessoas. Isso renderia um estoque de sete mil bolsas de sangue, o que permitiria uma maior tranquilidade no atendimento aos mais de 40 hospitais, da rede pública e privada, que utilizam das doações que chegam ao Hemocentro da Paraíba”.

A Chefe do Núcleo de Assuntos Estratégicos disse que cerca de 80% das doações realizadas no Hemocentro partem de homens como Bruno Gomes de Assis, doador desde 2009 e um dos pais que chegaram logo cedo para ajudar a salvar vidas. “Minha esposa está grávida de sete meses e vou fazer questão de incentivar meu filho a ser um doador quando crescer. É um ato muito importante e que pode ajudar a salvar a vida de qualquer um que estiver necessitando”.

Segundo Divane, a disparidade entre o número de doadores homens e mulheres pode estar relacionada a alguns mitos que circundam a doação de sangue. “Muitas mulheres acham que a menstruação e a utilização de anticoncepcional, por exemplo, impedem a doação, mas são mitos que estamos conseguindo, aos poucos, quebrar. Conseguimos aumentar o número de mulheres doadoras de 10% para 20%, mas nossa intenção é que até dezembro consigamos atingir a marca dos 30%”, explicou.

Doação – Uma única doação, que equivale a 450 ml de sangue, pode ajudar a salvar pelo menos três vidas. O interessado deve se dirigir ao Hemocentro da Paraíba, das 7h às 18h, de segunda a sexta-feira, e nos sábados, das 8h às 17h, munido de documento com foto.

Foto::KLeide Teixeira/Secom-PB

Antes de saber se está apto para a doação, o interessado recebe orientações ainda na recepção e é encaminhado para a pré-triagem, em que as enfermeiras do Hemocentro realizam a pesagem e teste de hemoglobina. Em seguida, passa pelo processo de triagem, durante entrevista com médico, para então saber se está em condições de fazer a doação.

Comprovada a aptidão, o doador faz um lanche e só então realiza o gesto que pode salvar vidas e que demora apenas de 10 a 15 minutos.

Um homem saudável e em condições pode doar sangue seis vezes ao ano. Já no caso das mulheres, o intervalo entre as doações tem que ser pelo menos de três meses.