Fale Conosco

13 de janeiro de 2014

Hemocentro da Paraíba convoca população para doação de sangue



Para evitar o desabastecimento do banco de sangue da Paraíba, a diretora geral do Hemocentro, Sandra Sobreira, faz um apelo para que a população procure as unidades de coleta e realize sua doação. Como acontece tradicionalmente entre os meses de dezembro e janeiro, o Hemocentro da Paraíba registra queda no número de doações de sangue, o que pode comprometer o atendimento nos hospitais e a pacientes.

Sandra Sobreira explicou que essa queda do número de doações acontece porque muitas pessoas viajam de férias e não fazem a sua doação, acarretando uma baixa no estoque de sangue. “Falta doador, mas a demanda de sangue aumenta nesse período e uma das causas é ao grande número de acidentes e por isso estamos conclamando a população para que faça a sua doação para que possamos trabalhar tranquilos e atender a todos aqueles que nos procurarem”, destacou a diretora.

Para este mês de janeiro, foram programada quatro coletas externas de sangue. A primeira aconteceu no dia 8 e mais coletas acontecerão nos 15, 22 e 29 sempre no Parque Sólon de Lucena no horário das 8 às 17 horas. No interior do estado, as pessoas que quiserem doar sangue podem procurar os hemonúcleos mais próximos para realizar a coleta.

Sandra Sobreira explicou que o objetivo das coletas externas é reforçar o estoque e atender a demanda dos hospitais. Ela faz um apelo para que as pessoas compareçam aos locais onde acontecerão às coletas externas e façam a sua doação, pois o Hemocentro precisa manter o seu estoque de sangue regular para atender a demanda. “Em datas comemorativas do ano, sempre fazemos campanha para sensibilizar as pessoas sobre a importância do ato de doar sangue. É um gesto humano, solidário e que ajuda a salvar vidas”, destacou.

A Rede Hemocentro da Paraíba é responsável por atender 40 hospitais, cobrindo 100% dos leitos do Sistema Único de Saúde e mais os leitos de planos de saúde cadastrados. Para tanto é composta por uma rede de dez hemonúcleos distribuídos nos municípios de Guarabira, Picuí, Monteiro, Princesa Isabel, Patos, Piancó, Itaporanga, Cajazeiras, Sousa e Catolé do Rocha, além de um regional em Campina Grande.

Quem pode doar sangue

- Ter idade entre 16 e 67 anos, 11 meses e 29 dias (se for menor de 18 anos é necessário autorização do responsável legal);

- Pesar acima de 50 quilos;

- Ter dormido normalmente nas últimas 24 horas;

- Estar alimentado, dando intervalo de duas horas após o almoço;

- Evitar alimentos gordurosos na véspera e no dia da doação;

- Não ter tido hepatite após os 11 anos de idade;

- Não estar gripado, resfriado, com febre ou diarreia;

- Não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas;

- Não ter comportamento de risco para doenças sexualmente transmissíveis;

- Não estar grávida ou em período de amamentação. A menstruação e o uso de pílulas anticoncepcionais não impedem a doação;

- Respeitar o intervalo entre as doações que devem ser de dois meses para os homens e de três meses para as mulheres.

As pessoas interessadas em doar sangue e precisarem tirar qualquer dúvida, como também marcar uma coleta externa, podem ligar para o telefone (083) 3218-7698.