Fale Conosco

12 de setembro de 2011

Hemocentro da Paraíba aumenta doadores por meio de campanhas de conscientização



Salvar vidas. É com essa missão que o Hemocentro da Paraíba atende pacientes que necessitam de sangue em todo o Estado. Diariamente, o órgão distribui mais de três mil bolsas de sangue para as instituições de saúde de toda a Paraíba e realiza, em média, 15 transfusões diárias na sede, em João Pessoa. Só de hemofílicos, que precisam periodicamente de sangue para sobreviver em função da doença, são 210 pacientes.

Para aumentar o número de doadores, o Hemocentro da Paraíba promove e participa de campanhas que incentivam a doação. Os resultados, segundo a direção do Hemocentro, têm sido positivos. “Participar de eventos como o 7 de Setembro, por exemplo, que reúne milhares de pessoas,  é de grande relevância  para mostrar à população a importância do ato de dor sangue. Nesses eventos, as pessoas também ficam conhecendo melhor sobre os nossos serviços”, disse a diretora Sandra Sobreira.

Pelos dados do Hemocentro, a quantidade de doações de sangue de janeiro a agosto deste ano foi quase 4% maior que no mesmo período do ano passado. Enquanto em 2010 foram 19.890 doações, neste ano as doações já atingiram a marca de 20.677 doações.

No mês de fevereiro, um dos meses de maior baixa do órgão, o Hemocentro promoveu a campanha “Folia do Sangue”. Aberta no dia 14, em frente ao busto de Tamandaré, em João Pessoa, contou com a participação do grupo de voluntários “Anjos da Enfermagem”. A campanha aconteceu em todo o Estado, com eventos simultâneos em Patos e em Cajazeiras.  Neste ano, a campanha durou todo o mês e atingiu a marca de 4.165 doadores – saldo positivo em relação ao número de doadores do ano anterior, que foi de 3.053. O aumento foi de 36,42%.

Em março, foi registrada a maior quantidade de doadores desde o ano passado: 4.485, o que significa um aumento de 12% em relação ao mesmo período, quando o Hemocentro da Paraíba recebeu 4.004 doadores. O número de voluntários cresceu em decorrência da campanha em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, que ofereceu palestras sobre a importância da doação de sangue. No dia 8 de março, foram distribuídos chocolates e cartões aos doadores.

Em abril, aconteceu a campanha “Doador, você salvou a minha vida: agora sou sangue do seu sangue”, criada para o período da Semana Santa. Durante a campanha, foram feitas palestras e panfletagem em igrejas, onde a equipe de Serviço Social do Hemocentro orientou sobre a doação de sangue durante as celebrações.

Durante a semana do Dia das Mães, no mês de maio, aconteceu a Campanha “Nós, mulheres… fomos doadoras de vida. Doamos Sangue”. Lançada no dia 6, o objetivo principal foi incentivar doadores do sexo feminino. Com a campanha foi obtido o saldo expressivo de 629 doadoras em uma semana – 7,8% maior que o mesmo período do ano anterior.

No dia 14 de junho, foi comemorado o dia Mundial do Doador de Sangue e, no dia 22, o Hemocentro da Paraíba realizou a campanha “Acenda a fogueira do seu coração fazendo a sua doação”, também em homenagem ao período do São João. Foi feito um arraial junino com trio de forró pé-de-serra, distribuição de camisetas e comidas típicas. No mês de junho do ano passado, a quantidade de doadores foi de 2.837; este ano, foi de 3.394, um aumento de 19,63%, o que reforça a importância da conscientização.

 

No último mês de agosto, o Hemocentro realizou a campanha “Pai doador, pai de muitos filhos”, em homenagem ao mês dos pais. Foi verificado um aumento de 8,21% na quantidade de doadores, de 3.652 em 2010 para 3.952, neste ano.

 

Parcerias positivas - O Hemocentro da Paraíba também participa como parceiro em campanhas de outras instituições, a exemplo do Conselho Regional de Corretores de Imóveis da Paraíba (Creci-PB), que ofereceu uma programação especial em homenagem ao Dia do Corretor de Imóveis, comemorado no dia 27 de agosto. Durante o dia 24 de agosto, uma unidade móvel de coleta de sangue na frente da sede do Creci-PB, em João Pessoa, recebeu doações dos funcionários do órgão e dos profissionais associados.

 

De forma semelhante, a unidade móvel de coleta externa foi disponibilizada para o Mc Dia Feliz, no dia 28 de agosto, em parceria com o McDonald’s e com o movimento “Doe Sangue PB”. A campanha foi destinada ao apoio do tratamento das crianças com câncer e, além de doar sangue, os voluntários puderam fazer seu cadastro como doadores de medula na unidade móvel.

 

Além das campanhas, a decisão do Ministério da Saúde em liberar jovens a partir dos 16 anos de idade para doar sangue também foi importante para o crescimento de doadores. “É bom que esse público seja conscientizado desde cedo sobre a importância de doar sangue e realmente pratique essa ação de cidadania e solidariedade. De acordo com ela, a maioria só doa quando alguém está precisando, e raramente de três em três meses, como recomenda o Ministério da Saúde.

 

Fazem parte da hemorrede do Estado o Hemocentro Coordenador, em João Pessoa; o Hemocentro Regional, em Campina Grande; e 11 hemonúcleos espalhados por Guarabira, Itabaiana, Picuí, Monteiro, Patos, Piancó, Princesa Isabel, Itaporanga, Catolé do Rocha, Sousa e Cajazeiras. Eles abastecem de sangue e hemocomponentes toda a rede hospitalar pública e privada da Paraíba.