João Pessoa
Feed de Notícias

Hemocentro da PB adere à campanha nacional de doação de sangue

sábado, 15 de dezembro de 2012 - 19:25 - Fotos:  Walter Rafael/Secom-PB

A Campanha Doe Sangue Brasil foi realizada neste sábado (15), simultaneamente, em 10 estados brasileiros. Na Paraíba, a campanha foi desenvolvida em João Pessoa, com uma unidade móvel instalada em frente à Igreja de Nossa Senhora de Fátima, no bairro do Miramar, e na sede do Hemocentro, na Av. Pedro II, Torre, e em Campina Grande, também na sede do Hemocentro, localizado no bairro do Catolé, e na Praça da Bandeira, no centro da cidade. Este ano o tema da campanha é “Seja super herói, faça a sua campanha pela vida”.

Na Paraíba, a campanha acontece por meio de parceria com a turma do “Doe Sangue PB”, formada por 30 jovens voluntários que divulgam nas redes sociais a importância do ato de doação. Segundo o coordenador, o analista de sistemas Thiago Gonçalo, tudo começou em 2010, quando uma amiga precisou de sangue e todos perceberam a dificuldade que é encontrar doadores. A partir daí, não pararam mais e o trabalho vem surtindo efeito. “Muitos casos urgentes já tiveram êxito devido aos apelos feitos por meio do facebook e twitter (doesanguepb)”, disse Thiago.

Durante todo o dia, o grupo fez panfletagem em vários pontos de João Pessoa convocando a população para doar sangue. Um dos primeiros a fazer a doação, na unidade móvel instalada no Miramar, foi o analista de sistemas Anderson Ribeiro. Aos 28 anos, ele nunca havia doado e resolveu atender ao apelo de Thiago, de quem é colega de trabalho. “Confesso que, no início, fiquei um pouco nervoso, mas depois vi que é uma coisa muito simples e que tem uma importância enorme. Agora, vou me tornar um doador”, falou.

Para fazer a doação, são feitos exames pré e pós-doação, a exemplo de avaliação hematológica e clínica; tipagem sanguínea e sorologia para hepatites B e C, doença de chagas, sífilis e aids. Em alguns casos, o doador pode ser chamado para repetir os exames médicos e/ou laboratoriais, e o Hemocentro alerta para que isso não seja motivo de preocupação; pode ter havido resultados falso-positivos ou simplesmente a necessidade de repetir para não deixar dúvidas.

Condições para ser doador de sangue:

- Ter idade entre 16 e 67 anos, 11 meses e 29 dias (se for menor, é necessária a autorização dos pais ou responsáveis);

- Pesar acima de 50 kg;

- Ter dormido normalmente nas últimas 24 horas;

- Estar alimentado, dando intervalo de duas horas para o almoço;

- Evitar alimentos gordurosos na véspera e no dia da doação;

- Não ter tido hepatite após os 11 anos de idade;

- Não estar gripado, resfriado, com febre ou diarreia;

- Não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas;

- Não ter comportamento de risco para doenças sexualmente transmissíveis:

- Não estar grávida ou em período de amamentação. A menstruação e o uso de pílulas anticoncepcionais não impedem a doação;

- Respeitar o intervalo entre as doações que devem ser de dois meses para os homens e de três meses para as mulheres.