João Pessoa
Feed de Notícias

Hemocentro comemora Dia Nacional do Doador de Sangue

terça-feira, 25 de novembro de 2014 - 12:05 - Fotos:  Roberto Guedes/Secom-PB

Doador de sangue há 33 anos, o funcionário público federal João Antônio Teixeira Sales, 51 anos, que mora no conjunto Ernesto Geisel, em João Pessoa, foi uma das primeiras pessoas a comparecer na manhã desta terça-feira (25) ao Hemocentro de João Pessoa para fazer a sua doação. Durante toda a manhã, foi grande a movimentação de pessoas que foram ao hemocentro para doar sangue.

João Antônio lembra que começou a doar sangue aos 18 anos de idade e desde esta época nunca mais deixou. “Já fiz doação voluntária como também doei para pessoas que estavam precisando de sangue e perdi as contas de quantas vezes ajudei a salvar vidas”, contou o funcionário, que garantiu continuar doando até a idade e a saúde permitirem, “pois a cada doação me sinto feliz em saber que estou ajudando alguém”, destacou.

Quase com o mesmo tempo de doação de João Antônio, o marceneiro Eliseu Aureliano Santana, 49 anos, morador da cidade de Cabedelo, contou que também começou a doar sangue aos 18 anos. “Venho periodicamente ao hemocentro fazer o meu gesto de solidariedade e me sinto feliz, pois sei que a cada doação estou dando a minha contribuição para salvar a vida de alguém e vou continuar com essa missão até Deus permitir”, disse o marceneiro.

O aposentado Océlio Gomes, 40 anos, saiu da cidade de Sapé e também foi fazer a sua doação. Ele contou que esta é a segunda vez que doa, mas revelou que vai continuar com esse gesto que ele disse ser muito importante. O motorista Joel Gonçalves de Araújo, que mora no Bairro do Varadouro, em João Pessoa, também foi dar a sua contribuição no Dia Nacional do Doador de Sangue. “Faço isso há cerca de um ano e desde a primeira doação que sempre venho aqui ao hemocentro a cada dois ou três meses”, afirmou.

Homenagens – Os doadores de sangue que compareceram na manhã desta terça-feira ao Hemocentro de João Pessoa foram recebidos com uma apresentação musical e um lanche. Houve ainda distribuição de brindes para os primeiros doadores. As comemorações foram animadas pela palhaça Bom-te-ver.

Ainda como parte da programação, foram entregues certificados e a carteira Passaporte Prata aos doadores que atingiram a meta de mais 30 doações de sangue. “Essa é mais uma forma que a gente encontrou para homenagear e agradecer a essas pessoas que têm uma missão de suma importância que é a de salvar vidas”, destacou a diretora geral do Hemocentro, Sandra Sobreira.

A coordenadora do Núcleo de Ações Estratégicas do Hemocentro, Divane Cabral, explicou que a programação também conta com a realização de coletas externas de sangue que vão acontecer nesta terça (25) e quarta-feira (26) na Lagoa e dia 29 na Igreja Evangélica do conjunto Ernesto Geisel, em João Pessoa. “Nossa intenção é divulgar a importância do ato de doar sangue para o aumento no nosso estoque e, principalmente, homenagear e agradecer aos doadores por este gesto de salvar vidas”, disse Divane Cabral.

Condições para ser doador de sangue

- Ter idade entre 16 e 69 anos (se for menor de 18 anos é necessária a autorização do responsável legal);

- Pesar acima de 50 quilos;

- Ter dormido normalmente nas últimas 24 horas;

- Estar alimentado, com intervalo de duas horas após o almoço;

- Evitar alimentos gordurosos na véspera e no dia da doação;

- Não ter tido hepatite após os 11 anos de idade;

- Não estar gripado, resfriado, com febre ou diarreia;

- Não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas;

- Não ter comportamento de risco para doenças sexualmente transmissíveis;

- Não estar grávida ou em período de amamentação. A menstruação e o uso de pílulas anticoncepcionais não impedem a doação;

- Respeitar o intervalo entre as doações que devem ser de dois meses para os homens e de três meses para as mulheres.

As pessoas interessadas em doar sangue e precisarem tirar qualquer dúvida ou marcar uma coleta externa podem ligar para o telefone (083) 3218-7698.