Fale Conosco

8 de maio de 2013

Hemocentro altera atendimento para aumentar número de doadores



hemocentro jp foto walter rafael 270x202 - Hemocentro altera atendimento para aumentar número de doadoresO Hemocentro de João Pessoa fez alguns ajustes no horário de atendimento ao público com o objetivo de atender aos trabalhadores que muitas vezes querem doar sangue e não dispõem de tempo devido ao horário de trabalho. Com isso, a partir desta quarta-feira (8), o atendimento nas quartas-feiras será feito das 7h às 21h. Nos outros dias, ou seja, nas segundas, terças, quintas e sextas, o horário de funcionamento permanece o mesmo: das 7h às 18h e, aos sábados, das 7h às 17 h.

A diretora geral do Hemocentro, Sandra Sobreira, explicou que a mudança no horário vai beneficiar principalmente as pessoas que trabalham até às 18 horas e que não tinham tempo para doar sangue. “Agora isso não será mais problema, fizemos esse ajuste para atender justamente esse público”, afirmou a diretora.

Com essa mudança, ela espera um aumento no número de doadores e não descartou a possibilidade desse horário ser estendido para outros dias. “Temos procurado fazer o melhor para que os nossos doadores possam desfrutar de conforto e segurança com um atendimento de qualidade e acima de tudo humanizado”, destacou a diretora.

Sandra Sobreira explicou que a rede de hemonúcleos está contribuindo para fortalecer o estoque de bolsas de sangue do Hemocentro, em João Pessoa. A rede possui unidades em Princesa Isabel, Picuí, Itaporanga, Piancó, Patos, Sousa, Cajazeiras, Guarabira, Monteiro, Catolé do Rocha, além do Hemocentro de Campina Grande.

Segundo a diretora, o ato de doar sangue é, antes de tudo, um gesto de amor ao próximo. Cada vez que uma pessoa doa sangue, salva a vida de até quatro pessoas. A quantidade de sangue retirada não afeta a saúde do doador e a sua recuperação é imediata. Os tipos sanguíneos mais procurados são: A+ e O+, enquanto que o tipo mais difícil de obter é o AB-, pois apenas 0,3% da população tem esse tipo sanguíneo. “É um gesto simples, mas de grande valor humano e solidário. A gente só sabe da importância do sangue quando precisa”, disse Sandra Sobreira.

Condições para ser doador de sangue

- Ter idade entre 16 e 67 anos, 11meses e 29 dias (se for menor de 18 anos é necessário autorização do responsável legal)

- Pesar acima de 50 quilos.

- Ter dormido normalmente nas últimas 24 horas

- Estar alimentado, dando intervalo de 2 horas após o almoço.

- Evitar alimentos gordurosos na véspera e no dia da doação.

- Não ter tido hepatite após os 11 anos de idade.

- Não estar gripado, resfriado, com febre ou diarreia.

- Não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas.

- Não ter comportamento de risco para doenças sexualmente transmissíveis.

- Não estar grávida ou em período de amamentação. A menstruação e o uso de pílulas anticoncepcionais não impedem a doação.

- Respeitar o intervalo entre as doações que devem ser de dois meses para os homens e de três meses para as mulheres.

 

As pessoas interessadas em doar sangue e que precisarem de esclarecimentos podem ligar para o telefone (083)-3218-7698.