João Pessoa
Feed de Notícias

Hackfest começa hoje unindo tecnologia e combate à corrupção

sexta-feira, 9 de junho de 2017 - 10:31 - Fotos:  Secom-PB

De hoje (9) a domingo (11), na Fundação Espaço Cultural José Lins do Rego, em João Pessoa, programadores, estudantes e profissionais ligados ao desenvolvimento de softwares, e também das áreas de Direito, Administração, Gestão Pública, Design e Arte/Mídia se reunirão para a terceira edição do HackFest, evento que une áreas tecnológicas, jurídicas, administrativas e sociais.

A sessão solene de abertura acontece às 15h, acessível a inscritos e público em geral, com participação de representantes da Controladoria Geral do Estado (CGE) e Governo do Estado da Paraíba.

O evento é realizado pelo Governo do Estado juntamente com outras instituições públicas e privadas. Além da CGE, participam Companhia de Processamento de Dados do Estado da Paraíba (Codata) e Gerência de Tecnologia da Informação, da Secretaria de Estado da Comunicação (Secom).

Letácio Tenório, gerente executivo de Auditoria estará no evento representando o secretário chefe da CGE, Gilmar Martins. O gerente afirmou que o Governo do Estado está envolvido, além da realização, apoio técnico e cessão do espaço, com a manutenção do Portal da Transparência do Estado, que acontece em parceria com Codata e Secom. “Procuramos constantemente atualizar os dados do Portal da Transparência, e recentemente foram adicionados dados de convênio, empenhos, pagamentos”, relatou Tenório. Ele acrescentou ainda que a CGE estará participando com técnicos, ou “coaches”, que auxiliarão as equipes durante a maratona de desenvolvimento.

O evento – O tema deste ano é Hackfest Contra a Corrupção 2017: tecnologia, transparência e cidadania. Idealizado pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB), através de seu Núcleo de Gestão do Conhecimento e Segurança Institucional (NGCSI), o Hackfest contra a Corrupção, que chega a sua terceira edição, é uma Maratona Hacker de Programação que pretende, por meio do desenvolvimento de soluções tecnológicas, envolver a sociedade no combate à corrupção.

Pelo segundo ano consecutivo a capital paraibana sedia o evento, que envolverá palestra de nivelamento, brainstorming e formação de equipes, desenvolvimento de softwares e apresentação das ideias. “Competindo” durante o evento estarão 180 “maratonistas”, durante as mais de 30 horas de evento, sendo esperados mais de três mil participantes.

Combate à corrupção – A corrupção no país tem raízes históricas e seu combate é uma preocupação que tem ganhado a pauta social há tempos, tendo estado cada vez mais em voga, com as ações da Polícia Federal e ministérios públicos no Brasil, entre outros órgãos de fiscalização. Durante a maratona de programação os participantes formarão equipes visando a produção de softwares para uso em computadores ou celular que possibilitem o controle social, com o objetivo de combater a corrupção e/ou melhorar a gestão pública.

Os softwares podem ser aplicativos, sistemas web ou jogos, desde que sejam projetados para serem disponibilizados ao público sem pagamento de qualquer valor, e que tenham seu código fonte disponibilizado em repositório público com licença de software livre.

São objetivos do HackFest a produção de softwares em duas linhas temáticas: melhoria dos serviços públicos – contempla iniciativas que contribuam para a melhoria dos serviços prestados pelos entes governamentais, participação do cidadão na formulação e avaliação de políticas públicas, iniciativas que contribuam para facilitar o acesso e utilização dos serviços públicos pelo cidadão, avaliação do atendimento prestado por servidores públicos e agentes políticos, além do fomento à ética e à cidadania; e combate à corrupção e acompanhamento da aplicação dos recursos públicos, que contempla iniciativas que estimulem o controle social para prevenção e combate à corrupção e demais irregularidades, por meio da análise ou compartilhamento de dados, envio de denúncias, especialmente em situações como: execução de obras, compras governamentais, execução de programas de governo (nas áreas de Saúde, Educação, Assistência Social etc.), eleições, arrecadação de tributos, renúncia fiscal, dentre outras.

As inscrições para participar do evento são gratuitas e estão sendo realizadas no endereço eletrônico http://hackfest.com.br, que também disponibiliza a programação e outras informações.